• sexta-feira, 19 de outubro de 2018
  • 12:35 Icone do tempo--ºC / --ºC

Carta à Redação

11/11/2017 às 01h19

O que aprendemos com a história de Davi e Golias ?

A história bíblica de Davi e Golias (1 Samuel 17) é um relato factual

de como o Senhor intercede por Seu povo. Davi era um pastor, o mais novo dos oito filhos de Jessé de Belém. O rei Saul e seus homens estavam lutando contra os filisteus, um dos quais era um gigante chamado Golias. Os homens do exército de Saul tinham medo de Golias, e não havia ninguém para enfrentá-lo. Mas Davi, cheio de fé e paixão pelo nome de Deus que estava sendo blasfemado por Golias, matou o gigante com uma pedra e uma funda. Quando os filisteus viram que seu campeão estava morto, eles fugiram diante dos israelitas, que tiveram uma grande vitória sobre eles.

Um ponto importante nesta história é que Golias estava provocando o soberano Senhor do universo. Ele estava desafiando o povo de Deus a resisti-lo. A vitória de Israel mostraria que o SENHOR é o único e verdadeiro Deus. Davi entrou na batalha, pois não havia quem estivesse disposto a enfrentar o gigante. Mas a fé de Davi era muito intensa e ele enfrentou Golias crendo que o Senhor iria com ele e lhe permitiria vencer o gigante (1 Samuel 17.36-37). A fé de Davi nasceu da sua experiência da graça e misericórdia de Deus em sua vida até aquele momento. O Senhor o livrou de situações perigosas no passado, provando Seu poder e confiabilidade, e Davi confiou Nele para livrá-lo do gigante filisteu.

Da história de Davi e Golias, podemos aprender que o Deus que servimos é capaz de derrotar qualquer um dos gigantes em nossas vidas –medo, depressão, questões financeiras, incredulidade, e muitos outros. Quando estamos inseguros quanto ao futuro, devemos confiar somente Nele. 

Como cristãos que confiam em Cristo como o único caminho para o céu (João 14.6), nossa batalha contra os gigantes em nossas vidas resultará em vitória se nos apegarmos pela fé em Deus e no Seu poder.

 A história de Davi e Golias é apenas um dos muitos exemplos do poder sobrenatural de nosso Senhor. Ele se importa profundamente com os Seus filhos e quer apenas o nosso melhor. Às vezes, isso envolve experiências e batalhas, mas estas são, em última instância, para o nosso bem e Sua glória. Quando somos testados por essas provas, podemos, no poder do Senhor, nos defender de qualquer gigante, confiando no nosso Salvador para receber a vitória. 

 

 

*Pastor Presbiteriano

Comentários