• terça-feira, 23 de outubro de 2018
  • 21:34 Icone do tempo--ºC / --ºC

Trânsito

19/9/2018 às 05h38

Semana Nacional do Trânsito 2018 traz o tema “Nós somos o trânsito”

Desde ontem até o próximo dia 25 em todo País ocorrerão atividades para conscientizar sobre o trânsito; em Junqueirópolis as ações já começaram junto a Polícia Militar

Ontem em Junqueirópolis, em frente à Escola Municipal Professora Neyde Macedo Brandão Fernandes ocorreram as primeiras atividades da semana especial  (Foto: Cedida/PM) Ontem em Junqueirópolis, em frente à Escola Municipal Professora Neyde Macedo Brandão Fernandes ocorreram as primeiras atividades da semana especial (Foto: Cedida/PM)

Um dos impactos positivos da Lei Seca, em vigor no Brasil há 10 anos, é a redução de 2,4% do número de mortes por acidentes de trânsito no país. Os estados que registraram quedas mais significativas foram São Paulo (25,4%), Espírito Santo (21,8%), Santa Catarina (19%), Distrito Federal (17,5%) e Paraná (15,9%). Em contrapartida, houve aumento da mortalidade no Pará (39,4%), Maranhão (39%), Piauí (37,2%), Bahia (36,8%) e Tocantins (26,5%).

Além de tornar a legislação mais rígida – como na alteração da Lei Seca em 2012, que aumentou a multa para condutores flagrados dirigindo alcoolizados -, as campanhas educativas são mais uma alternativa no intuito de conscientizar motoristas e demais usuários da via, e diminuir o número de sinistros.

Assim, desde 1997, o período entre os dias 18 e 25 de setembro está estabelecido como a Semana Nacional do Trânsito. A iniciativa é caracterizada por uma série de eventos e ações educativas, promovidas por órgãos e entidades que integram o Sistema Nacional de Trânsito. O Portal do Trânsito informa que todos os anos o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) escolhe um tema como pano de fundo para as ações da Semana, e o de 2018 é “Nós somos o trânsito”.

Apenas neste ano, em Dracena quatro pessoas morreram após se envolverem em acidentes de trânsito. Foram três mulheres em agosto e um homem no último dia 3.

José Aurelio Ramalho, diretor-presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), os acidentes não acontecem por acaso e são frutos de escolhas inadequadas e arriscadas por parte de condutores e pedestres. Para ele, 90% dos sinistros têm motivação em falhas humanas como imperícia, imprudência e desatenção. “Somos os responsáveis pelos nossos atos no trânsito e ter consciência clara disso é um dos caminhos para a reversão do triste cenário atual, não só do Brasil, mas de todo o mundo”, avalia Ramalho.(Com informações do Portal do Trânsito)

 

POLÍCIA MILITAR PROMOVE AÇÕES EM JUNQUEIRÓPOLIS E DRACENA

O setor de comunicação do 25° Batalhão da Polícia Militar informou que ontem, primeiro dia da campanha, foi desenvolvidaação especial na Escola Municipal Professora Neyde Macedo Brandão Fernandes, em Junqueirópolis. Também serão promovidas atividades junto à Polícia Militar em todas as demais escolas da cidade vizinha em parceria da Escola Estadual Prof. Idene Rodrigues dos Santos. O Batalhão informou que também participam da campanha, em Junqueirópolis, a Prefeitura e os Amigos do Trânsito.

Segundo a comunicação do BPM-I, em Junqueirópolis visa à prevenção quanto aos cuidados que se deve ter no trânsito em toda a cidade principalmente nas portas escola (saídas e entradas). Neste sábado, ainda em Junqueirópolis, a Polícia Militar fará um mega evento com a parceria da Prefeitura, ‘Amigos do Trânsito’ e Escola Idene sobre conscientização. Haverá trio elétrico e também crianças fazendo paródias caracterizadas de veículos. Terá início às 9h30 com saída prevista para ocorrer em frente à faculdade da cidade.

Já em Dracena, o Batalhão ressalta que haverá campanha de trânsito nesta quinta e sexta das 11h às 13h, nas duas avenidas Presidente Vargas e Presidente Roosevelt. Haverá panfletagens, ações de prevenção e abordagens.

 

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também