• domingo, 21 de outubro de 2018
  • 22:32 Icone do tempo--ºC / --ºC

Segurança

10/10/2018 às 02h59

RIO AGUAPEI. Pescadores são autuados após praticarem a pesca em local proibido e utilizarem petrechos não permitidos

Tarrafas de nylon foram apreendidas pela Polícia Militar Ambiental  (Foto: Cedida/PM Ambiental) Tarrafas de nylon foram apreendidas pela Polícia Militar Ambiental (Foto: Cedida/PM Ambiental)

A Polícia Militar Ambiental autuou dois pescadores após praticarem a pesca no rio Aguapeí, próximo à cachoeira do Salto Botelho. O fato ocorreu no último final de semana, em Lucélia. Segundo a corporação, além de praticarem o ato em local restrito, eles utilizavam petrechos de pesca proibida.

Ainda conforme a PM Ambiental, uma equipe de policiais ao avistar três pessoas efetuando a pesca predatória as margens da cachoeira do Salto Botelho, foi realizado o acompanhamento e abordagem.

Um dos pescadores se atirou nas águas do rio e nadou até a outra margem. Já os outros dois pescadores foram identificados e detidos.

De acordo com a Polícia Militar Ambiental, foi encontrada duas tarrafas de nylon com os pescadores. Os petrechos foram apreendidos. 

Diante dos fatos, foi lavrados dois autos de infração ambiental, um para cada pescador , na modalidade advertência, por pescar em local no qual a pesca seja proibida, infringindo o art. 36 da resolução SMA-48/2014, e por in tese ter infringido o art. 34 da lei federal 9605/98.

A ocorrência foi apresentada via oficio na delegacia da Polícia Civil de Lucélia.  

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também