• terça-feira, 23 de maio de 2017
  • 15:57 Icone do tempo--ºC / --ºC

Governo

20/9/2012 às 16h22

Nota Fiscal Paulista já liberou mais de R$ 6 bilhões aos consumidores

O objetivo do Programa Nota Fiscal Paulista é estimular os consumidores a pedir sempre o documento fiscal em qualquer compra realizada nos estabelecimentos comerciais no Estado. "É um programa que busca difundir a cidadania fiscal por meio deste estímulo ao consumidor", esclarece o coordenador do Programa, Valdir Saviolli.

 

Criado em outubro de 2007, o Nota Fiscal Paulista teve sua primeira distribuição de créditos em abril de 2008. Hoje já são mais de R$ 6 bilhões devolvidos aos consumidores. A intenção é que a secretaria da Fazenda conheça, a partir da emissão dos documentos fiscais, o real movimento tributário das empresas.

Em abril são liberados os créditos do segundo semestre do ano anterior e em outubro os créditos do primeiro semestre do mesmo ano. Para resgatar, o consumidor deve entrar no sistema com o seu CPF e a senha previamente cadastrados. São três opções possíveis para a utilização dos créditos: transferir os recursos para uma conta corrente em seu nome, para uma conta de caderneta de poupança também no seu nome, ou para abater o valor do IPVA de um veículo de sua propriedade também. Veja abaixo o infográfico.

Notas fiscais de qualquer valor podem conter o CPF. Para os sorteios, a cada R$ 100 em compras, que pode ser o somatório de várias compras isoladamente, é gerado um bilhete eletrônico para participação nos sorteios. "São prêmios de R$ 50 mil, de R$ 30 mil e de R$ 20 mil. Em meses de datas especiais (dia das mães, dia dos namorados, dia dos pais, dia das crianças e natal), os prêmios principais são maiores: o primeiro é de R$ 200 mil, o segundo de R$ 120 mil e o terceiro de R$ 80 mil", explica Saviolli.

 

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também