• segunda-feira, 26 de junho de 2017
  • 22:49 Icone do tempo--ºC / --ºC

Ilustrada

31/10/2013 às 15h02

Após polêmica da Lei Rouanet, Pedro Lourenço desfila sua coleção no Brasil

Depois do burburinho envolvendo a captação de recursos via Lei Rouanet para a realização de desfiles em Paris, Pedro Lourenço apresentou sua coleção em solo brasileiro, na Faculdade Armando Álvares Penteado, FAAP.

Bem a sua maneira, Pedro revisitou o imaginário popular e releu a extravagância de Carmen Miranda no desfile desta quinta-feira (31). Com uma cartela de cor sucinta, que abrangeu branco, preto, creme e azul claro, o designer executou seu já conhecido jogo de recortes e sobreposições.

As franjas e texturas lembravam os abacaxis com as quais a Pequena Notável enfeitava a cabeça. Os franzidos aludiam às saias cheias de babados.

O destaque maior fica por conta da pesquisa de tecidos. Em uma mesma peça têxtil, brilho e transparência formam um degradé que revela um pouco das pernas da modelo, compondo uma peça brilhante, translúcida e chique.

ENTENDA A POLÊMICA

Conforme revelou a Folha, Lourenço foi autorizado a captar recursos via Lei Rouanet em agosto. Seu projeto havia sido rejeitado pela Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (Cnic), grupo que decide quem pode captar por meio da lei, mas uma intervenção da ministra da Cultura, Marta Suplicy, reverteu a decisão.

O estilista, no entanto, cancelou seu desfile do verão 2014 na semana de moda em Paris, em outubro, para o qual havia obtido autorização para a captação de até R$ 2,8 milhões. O caso gerou um debate nacional sobre a validade da inclusão da alta costura entre os setores que podem recorrer à Lei Rouanet.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também