• quinta-feira, 23 de março de 2017
  • 23:12 Icone do tempo--ºC / --ºC

Penitenciária

1/6/2016 às 04h43

Penitenciária de Dracena comemora o dia da Jornada da Cidadania e da Empregabilidade

A Jornada na unidade prisional de Dracena já beneficiou cerca de 200 sentenciados, com a expedição da carteira de identidade (RG) e 10 carteiras de trabalhos

Carlos Amaral Jorge, diretor da Penitenciária de Dracena, vê nas ações o preparo certo aos sentenciados para que não cometam mais crimes 
 (Foto: Viviane Santos/JR     ) Carlos Amaral Jorge, diretor da Penitenciária de Dracena, vê nas ações o preparo certo aos sentenciados para que não cometam mais crimes (Foto: Viviane Santos/JR )

Preparar o sentenciado para o retorno à sociedade após o cumprimento do regime fechado ajudando-o a não cometer mais delitos ao alcançar a liberdade. Esse é um dos objetivos da Jornada da Cidadania e da Empregabilidade que aconteceu ontem, 31, na Penitenciária de Dracena “Adriano Aparecido de Pieri”, que está com uma população carcerária de mais de 1.200 sentenciados no regime fechado.

A cerimônia contou com as presenças de representante do Ministério Público, Polícia Civil, diretores de outras unidades da região, Igreja Católica, Justiça Pública, entre outros convidados.

Durante a Jornada que começou há duas semanas e terminará na sexta-feira, 3, estão sendo desenvolvidas várias ações que orientam os sentenciados com palestras de cidadania, atendimentos jurídicos e de saúde, direitos sociais e expedição de documentos (RG, CPF, Carteira de Trabalho e Certidão de Nascimento) e corte de cabelo.

A Jornada na unidade prisional de Dracena já beneficiou cerca de 200 sentenciados, com a expedição da carteira de identidade (RG) e 10 carteiras de trabalhos.

Todas as ações visam facilitar as vidas dos sentenciados, que alcançarem a tão sonhada liberdade no mercado de trabalho.

No cerimonial que teve as presenças das autoridades foram entregues três certificados de conclusão do ensino médio aos sentenciados que estudaram dentro da unidade.

Carlos Eduardo Amaral Jorge, diretor técnico da Penitenciária de Dracena, explicou as atividades desenvolvidas junto a 50 sentenciados que habitam o pavilhão 3 separados dos demais pavilhões onde diariamente estudam e trabalham. Ele acompanhou e mostrou a reportagem, os dois pavilhões onde os sentenciados que já cumpriram mais da metade da pena e com segurança desenvolvem as várias atividades que vão desde a costura de bolas e confecção de cadeiras de área para uma empresa de Andradina e a sala de aula. “O resultado dessas ações é bom e esperamos que o sentenciado não volte à delinquência tendo em vista que o índice de reincidência é baixo”, afirmou o diretor.

O sentenciado ao atingir a liberdade tem a possibilidade de trabalho e de estudar e saem com a documentação necessária em mãos, afirmou o diretor.

As atividades feitas na Jornada da Cidadania e Empregabilidade com as diversas ações levadas à unidade prisional acontecem em Dracena há duas semanas graças a parceria com a Sert, Poupatempo, Funap, Ministério Público, Judiciário, Secretaria de Segurança Pública, alunos de Enfermagem da Unifadra e da cabelereira Luisa Alencar que juntos estão ajudando na ressocialização dos sentenciados.

Outras Imagens:

  •  (Foto: Viviane Santos/JR     )
  •  (Foto: Viviane Santos/JR     )

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também