• segunda-feira, 11 de dezembro de 2017
  • 01:53 Icone do tempo--ºC / --ºC

Justiça

17/12/2016 às 04h29

Fundec passará a publicar nomes, cargos e salários dos servidores

No último dia 6, a 8ª Câmara Extraordinária de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) emitiu decisão a respeito de obrigar a Fundação Dracenense de Educação e Cultura (Fundec) a publicar em seu site oficial a relação de nomes, cargos e salários de seus funcionários, com a finalidade de dar transparência à gestão. O pedido partiu do advogado Gustavo Piveta e na época dos fatos em 2013, quando ele atuou como vereador suplente.

O relator desembargador Luiz Francisco Aguilar Cortez explicou na decisão que: “A divulgação da relação dos nomes de todos os servidores da Fundação Dracenense de Educação e Cultura e respectivos cargos e salários não fere o direito à intimidade, à vida privada, à honra e a imagem de seus funcionários, empregados e servidores, em função do princípio da publicidade e em razão do dever de transparência da Administração Pública, princípios que vinculam à Administração (direta e indireta) e seus servidores”.

OUTRO LADO – O diretor jurídico Dr. Reinaldo Miyai aguarda a publicação do acórdão do TJ SP no Diário Oficial do Estado de São Paulo, podendo ainda interpor embargos declaratórios. Entretanto, o diretor executivo da Fundec, Edson Kai, já adiantou que não entrará com nenhum tipo de recurso, mesmo porque existe uma decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF de 23/04/15) determinando a publicação dos nomes, cargos e salários dos servidores de todos os órgãos e entidades do poder público, sejam de direito público ou privado.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também