• terça-feira, 24 de outubro de 2017
  • 00:26 Icone do tempo--ºC / --ºC

Comportamento

7/3/2017 às 10h34

Prefeito de Lins oficializa união gay e recebe os cumprimentos do governador do Estado

Os noivos Edgar de Souza e Alexsandro Luciano Trindade (Foto: Facebook) Os noivos Edgar de Souza e Alexsandro Luciano Trindade (Foto: Facebook)

O prefeito reeleito de Lins, Edgar de Souza, de 38 anos, do PSDB, casou-se no último sábado, 4, com o empresário Alexsandro Luciano Trindade, de 35 anos, com quem mantinha união estável há 13 anos. O tucano foi eleito em 2012 como o primeiro prefeito assumidamente homossexual do Brasil e reeleito prefeito de Lins em 2016. Souza enfrentou fortes críticas e ataques da oposição durante as campanhas.

Além da cerimônia de registro civil também houve um ato ecumênico que contou com a presença de representantes de quatro religiões: católica, evangélica, espírita e candomblé.

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), esteve em Lins no dia anterior à cerimônia para participar da reinauguração da reforma e ampliação do prédio do centro universitário Unisalesiano e aproveitou para cumprimentar os noivos.

Entre os padrinhos do casal estava o novo Coordenador de Políticas para LGBT de São Paulo, Ivan Batista, e o presidente da Diversidade Tucana, Marcos Antônio Fernandes.

Os noivos optaram por trocar os sobrenomes, ao invés de um adotar o sobrenome do outro, como normalmente acontece no casamento civil. “Nós dois assumimos um o sobrenome do outro. Agora souEdgar de Souza Trindade e o Alex é Alexsandro Luciano Trindade Souza”, explica Souza.

REPERCUSSÃO

Em 2012, a vitória de Edgar de Souza como prefeito eleito de Lins ganhou repercussão e foi manchete garrafal nos mais renomados jornais impresso e online do Brasil e até mesmo em periódicos internacionais. O motivo seria a sua sexualidade. Edgar de Souza se assumiu homossexual durante a campanha eleitoral de 2012 e foi bombardeado pela oposição, que chegou a distribuir uma foto dele e do noivo com os dizeres: “Se votar no 45, essa família vai governar a sua”. Com a notícia de que o tucano oficializaria a união gay, após ser reeleito prefeito de Lins no ano passado, a repercussão foi ainda maior. “Prefeito gay se casa com parceiro em Lins” (Folha de S. Paulo), “Prefeito de Lins oficializa união gay: ‘Nos tornamos cidadãos plenos” (G1).

Diego Augusto Valverde

De Lins para o Jornal Regional

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também