• terça-feira, 24 de outubro de 2017
  • 00:18 Icone do tempo--ºC / --ºC

Meio Ambiente / Tempo

11/3/2017 às 04h26

Chuva repentina no meio da tarde de sexta chega a quase 100 milímetros

Os Bombeiros informaram ao JR que não atenderam nenhuma ocorrência grave devido à chuva. Sob o pontilhão da av. dos Expedicionários, carros que estavam nas proximidades acabaram inundados sendo levados pela força das águas

Imagens enviadas por leitores mostram os carros inundados em baixo do pontilhão (Foto: Divulgação/WhatsApp) Imagens enviadas por leitores mostram os carros inundados em baixo do pontilhão (Foto: Divulgação/WhatsApp)

No meio da tarde de ontem, 10, a maioria foi pega de surpresa com uma chuva muito bem vinda para aliviar os dias de calor sufocante na cidade. Por outro lado, para alguns a chuva trouxe problemas. Na avenida dos Expedicionários, trecho do pontilhão quase no cruzamento da rua Martin Afonso, pelo menos três carros ficaram submersos sob o viaduto. Os veículos encontravam-se estacionados pertinho do local e acabaram sendo arrastados pela força da enxurrada para debaixo do pontilhão. Não houve vítimas.

A reportagem do JR encontrou em contato com os Bombeiros, e a informação foi de que não ocorreu nenhuma ocorrência grave na cidade relacionada à chuva.

Em contato com comerciantes daquela localidade, toda vez que a chuva vem com maior intensidade ocorre o mesmo problema, inundação e se houve veículos no local eles acabam sendo carregados. Uma comerciante se queixou que os bueiros poderiam estar entupidos, devido ao acumulo de sujeira. Ela disse que assim que percebem que o tempo muda para chuva forte, se tem carros de conhecidos estacionados por perto pedem para retirá-los, evitando o pior.

Um morador do Jardim das Palmeiras IV entrou em contato com a redação informando que ficou sem energia elétrica por pelos menos meia hora. No centro da cidade, na área onde está instalado o Jornal Regional (rua Brasil) não foi notada queda de energia.

A reportagem flagrou no centro da cidade, logo após a chuva, funcionários de comércio puxando água, e também motos caídas.

A estação climatológica da Unesp apontou que choveu 98,4 milímetros e a alta temperatura que teve máxima de 36,7°C às 12h58 caiu às 18h para 23,3°C. Às 16h era menor ainda – 21.6°C, resultado da forte chuva elevando a umidade do ar para 98%. A chuva foi de um pouco mais de uma hora apenas. A temperatura caiu mais de 13°C.

Neste sábado, a temperatura mínima deve ser de 24°C enquanto que a máxima de 35°C, com apenas 5% de chance de chover. No domingo, a previsão é de 22°C de mínima e máxima também de 35°C, com as mesmas 5% apenas de chance de chuva.

Outras Imagens:

  •  (Foto: Viviane Santos/JR)
  •  (Foto: Viviane Santos/JR)
  •  (Foto: Viviane Santos/JR)
  •  (Foto: Divulgação/WhatsApp)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também