• domingo, 26 de março de 2017
  • 08:04 Icone do tempo--ºC / --ºC

Cotidiano

15/3/2017 às 04h34

Bruno se recusa a responder perguntas e quer seleção

O goleiro Bruno foi apresentado ontem, 14, à tarde como jogador do Boa Esporte. Em sua primeira coletiva, houve muita confusão entre os repórteres e a diretoria do time de Varginha-MG, que queria impedir perguntas não relacionadas ao futebol. Os jornalistas confrontaram e as fizeram mesmo assim, mas o jogador se recusou a responder.

"Não vou responder essa pergunta", disse, ao ser questionado se achava que merecia vestir novamente a camisa de um time de futebol após ser condenado em 2013 pelo assassinato e esquartejamento de Eliza Samúdio, sua ex-namorada.

"Também não vou responder essa pergunta", voltou a reclamar, ao ser perguntado se achava que era um bom exemplo para as crianças que vão ao estádio assistir futebol.

Nas vezes em que se propôs a responder, o arqueiro, que assinou por dois anos com o Boa, reclamou da cobrança que sofre por ter sido condenado à prisão por homicídio.

"Estou muito feliz pela oportunidade dada. As pessoas às vezes cobram muito de uma pessoa pelo que acontece no passado", discursou.

Bruno se recusou a responder perguntas a respeito das acusações de assassinato e esquartejamento de Eliza Samúdio.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também