• terça-feira, 24 de outubro de 2017
  • 09:35 Icone do tempo--ºC / --ºC

Internacional

17/4/2017 às 11h33

Itália recebe milhares de migrantes após vários resgates no Mediterrâneo

Muitos portos do Sul da Itália recebem nesta segunda-feira (17) vários dos mais de 8 mil migrantes resgatados durante o último fim de semana no Mar Mediterrâneo, muitos deles crianças desacompanhadas e homens com sinais de tortura.

Fontes da Guarda Costeira italiana disseram à Agência EFE que hoje chegarão ao Porto de Messina, na Sicília, aproximadamente, 1.200 migrantes e que, dadas as difíceis condições do mar, ainda não foi possível localizar balsas no Mediterrâneo. Esta manhã, chegaram à Catânia, também na região da Sicília, 1.181 migrantes, a bordo do navio alemão Rhein, segundo os meios locais.

Nos últimos dias, o país também recebeu um elevado número de migrantes em outros portos, como o da Ilha de Lampedusa e da Reggio di Calabria. A chegada desses migrantes a bordo das balsas que ajudaram nos resgates ocorre depois que foram retirados, de sexta-feira (14) a domingo (16), mais de 8.300 migrantes no Mar Mediterrâneo, entre a Líbia e a Itália.

A porta-voz da Agência das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), Carlotta Sami, informou que, ao todo, 60 operações de salvamento com 35 embarcações estão em desenvolvimento.

Ela afirmou que o ritmo de salvamentos no fim de semana foi "frenético", a tal ponto que muitos trabalhadores humanitários e autoridades marítimas trabalharam por 40 horas. Mesmo assim, foram registradas mortes. De acordo com Carlotta, foram recuperados sete corpos, entre eles o de uma mulher grávida, mas o número final pode aumentar.

A porta-voz do Acnur explicou que entre os resgatados há muitos meninos e homens com evidentes sinais de tortura, como queimaduras nas costas e chicotadas, após serem aprisionados na Líbia por traficantes para extorquir suas famílias.

Desse modo, a Itália continua registrando números recordes no que se refere à chegada de migrantes. Segundo dados do Ministério do Interior, de 1º de janeiro a 12 de abril, 26.989 migrantes desembarcaram na Itália, 23,8% a mais do que há um ano.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também