• terça-feira, 24 de outubro de 2017
  • 09:37 Icone do tempo--ºC / --ºC

Cultura

19/4/2017 às 02h13

Acervo infantil da biblioteca municipal possui mais de mil títulos

Biblioteca Municipal de Dracena, com diversidade de títulos infantis é o  lugar ideal para os pais levarem os filhos
 (Foto: Viviane Santos/JR) Biblioteca Municipal de Dracena, com diversidade de títulos infantis é o lugar ideal para os pais levarem os filhos (Foto: Viviane Santos/JR)

O Dia Nacional do Livro Infantil foi comemorado ontem, 18, e estudos apontam que o crescimento de vendas do gênero infantil em 2016, em relação a 2015, foi de 28%. Em Dracena, a Biblioteca Pública Municipal é uma ótima opção para as crianças usufruírem gratuitamente do material disponível voltado para eles.

Segundo o bibliotecário, Bruno Ferrari, a Biblioteca possui um acervo de 12 mil livros, destes pelo menos mil títulos são de literatura infantil.

“Tem desde os clássicos, a contos de fadas, obras de autores conhecidos, como Monteiro Lobato, Ziraldo, das coleções Vagalume e Recreio, histórias em quadrinhos e obras tradicionais de escritores como Machado de Assis que são adaptadas em forma de gibis”, enfatiza Ferrari.

Ferrari informa ainda que normalmente as crianças vêm à Biblioteca, acompanhados dos pais e levam os livros ou outras obras infantis para lerem em casa. “Não permanecem muito aqui, a não ser o tempo de escolherem o que interessa, folhearem um pouco e já levam”, acrescentou.

A Biblioteca funciona das 8h às 11h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira. O Dia Nacional do Livro Infantil é uma homenagem ao escritor Monteiro Lobato, criador da boneca Emília e de outros personagens marcantes da literatura brasileira.

EDUCAÇÃO- A Secretaria Estadual da Educação (SEE) explica que na rede estadual paulista, a leitura é incentivada dentro e fora das escolas. “Contação de histórias, teatro com fantoches são estratégias adotadas por professores para ampliar a imaginação e formar um novo público leitor”, informa a assessoria de imprensa da Secretaria.

Nas classes de anos iniciais (1º ao 5º), de acordo com a Secretaria, o acervo com livros, revistas e gibis fica na própria sala de aula e é livre a qualquer hora. Veja algumas sugestões da SEE de livros infantis.

O rei de Quase-Tudo (Eliardo França): a história de um rei que queria ter tudo ajuda a trabalhar temas universais como paz, solidariedade e generosidade. A obra traz ainda belas aquarelas que despertam o imaginário infantil.

Trava-trela (Ciça): O livro brinca com a língua portuguesa de forma divertida e rimada, recheado de trava-línguas e poesia.

Lendas da África moderna (Heloisa Pires Lima e Rosa Maria Tavares Andrade): Contos e lendas da África são narrados por heróis e heroínas. Cada capítulo é uma viagem ao imenso continente

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também