• quinta-feira, 27 de abril de 2017
  • 05:55 Icone do tempo--ºC / --ºC

Economia

21/4/2017 às 04h06

Nota Fiscal Paulista libera mais de R$ 400 mil em créditos a consumidores de Dracena

Ao todo, foram disponibilizados R$ 412.895,06 em créditos para 17.901 consumidores de Dracena e R$ 37.361,99 para sete instituições filantrópicas da cidade

Os cupons fiscais sem CPF geram valores para entidades assistenciais
 (Foto: Viviane Santos/JR) Os cupons fiscais sem CPF geram valores para entidades assistenciais (Foto: Viviane Santos/JR)

A Secretaria da Fazenda liberou R$ 412.895,06 para 17.901 consumidores de Dracena cadastrados no programa Nota Fiscal Paulista e que indicaram o CPF nas compras realizadas no 1º semestre de 2016, na última segunda-feira (17). A consulta pode ser feita pelo portal da Secretaria da Fazenda.

Também foram liberados R$ 37.361,99 para sete instituições filantrópicas da cidade, referentes às compras próprias e aos cupons fiscais recebidos em doação no segundo semestre de 2016. Cupons fiscais com CPF dão créditos ao consumidor e os sem CPF geram valores para entidades apontadas pelo estabelecimento que gerou a nota.

Em Dracena, serão auxiliadas diretamente as atividades desenvolvidas pelas instituições: Instituição Novo Amanhecer Guiomar C A da Silva (R$ 20.636,27); Irmandade da Santa Casa DE Misericórdia E Maternidade de Dracena (R$ 7.608,81); Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais A P A E (R$ 4.912,81); Associação de Proteção a Criança de Dracena (R$ 3.442,34); Casa dos Velhos (R$ 376,96), Lar Beneficente Sã Doutrina Espiritual do Sétimo Dia De Dracena (R$ 266,57) e Associação Projeto Esperança (R$ 118,23).

Os créditos da Nota Fiscal Paulista permanecem à disposição das entidades assistenciais por cinco anos a contar da liberação e podem ser utilizados a qualquer momento dentro desse período.

PROGRAMA - A Nota Fiscal Paulista, criada em outubro de 2007, integra o Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do governo do Estado de São Paulo e reduz, de fato, a carga tributária individual dos cidadãos, que recebem créditos ao efetuar compras de mercadorias em São Paulo. O sistema distribui até 30% do ICMS efetivamente recolhido pelos estabelecimentos comerciais aos consumidores que solicitam o documento fiscal e informam CPF ou CNPJ, proporcional ao valor da nota.

A devolução é feita em créditos que podem ser acompanhados pela internet e utilizados para pagamento do IPVA ou resgatados em dinheiro. O consumidor também pode solicitar o documento fiscal sem a indicação do CPF/CNPJ e doá-lo a uma entidade de assistência social ou de saúde cadastradas no programa Nota Fiscal Paulista, se assim desejar. Essa é uma decisão pessoal e exclusiva do consumidor.

O programa conta com 19 milhões de participantes cadastrados e, desde seu início, soma mais de 51 bilhões de documentos fiscais processados na Fazenda. No total, a Nota Fiscal Paulista devolveu aos participantes do programa R$ 15,4 bilhões, sendo R$ 13,8 bilhões em créditos e mais de R$ 1,5 bilhão em prêmios nos 101 sorteios já realizados. (Com informações da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo).

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também