• domingo, 10 de dezembro de 2017
  • 22:19 Icone do tempo--ºC / --ºC

Agricultura

14/5/2017 às 06h33

Defesa Agropecuária prevê vacinação de 150 mil cabeças de zero a 24 meses

A campanha vai até o dia 31 de maio e no estado devem ser vacinados nesta etapa 4,7 milhões de bovídeos (bovinos e bubalinos)

A Secretaria da Agricultura orienta o produtor a utilizar vacinas refrigeradas entre 2 e 8 graus centígrados (Foto: Divulgação) A Secretaria da Agricultura orienta o produtor a utilizar vacinas refrigeradas entre 2 e 8 graus centígrados (Foto: Divulgação)

A vacinação contra a febre aftosa para bovídeos de zero a 24 meses de idade no estado de São Paulo teve início dia 1º, segunda-feira. Na região do Escritório da Defesa Agropecuária (EDA) de Dracena, composta por 16 municípios, a previsão é serem imunizadas cerca de 150 mil cabeças de animais nesta faixa etária.

A campanha vai até o dia 31 de maio e no estado devem ser vacinados nesta etapa 4,7 milhões de bovídeos (bovinos e bubalinos). O rebanho total paulista é de 11 milhões de cabeças e segundo a Secretaria da Agricultura (SAA), o estado de São Paulo não registra focos da aftosa há 21 anos.

ORIENTAÇÕES - O criador deve observar alguns cuidados para garantir uma boa vacinação: adquirir vacina somente em estabelecimentos cadastrados pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA). A legislação proíbe o uso de vacinas contra a febre aftosa adquiridas em etapas de vacinações anteriores.

A vacina deve ser mantida refrigerada, entre 2 e 8 graus centígrados, tanto no transporte como no armazenamento, usando para isso uma caixa de isopor, com no mínimo dois terços de seu volume em gelo. A vacina não deve ser congelada.

Escolher o horário mais fresco do dia para realizar a vacinação, vacinar de preferência no terço médio do pescoço (tábua do pescoço). Independente da idade, a dose é de 5 ml de vacina.

A CDA recomenda ainda Usar seringas e agulhas higienizadas, sem uso de produtos químicos (nem álcool, nem cloro), substituir a agulha com frequência para evitar infecções, manter os frascos da vacina resfriados durante a operação e classificar os animais por idade (era) e sexo, para evitar acidentes durante a vacinação;

DECLARAÇÃO - O criador tem até o dia 7 de junho, quarta-feira, para comunicar a vacinação ao órgão oficial de Defesa Agropecuária, ou através do sistema informatizado Gedave.

A vacinação contra a febre aftosa é obrigatória. O criador que não vacinar ou não comunicar a vacinação à Defesa Agropecuária sofrerá as seguintes penalidades: multa de 5 Ufesps, ou seja R$ 125,35 por cabeça por deixar de vacinar e 3 Ufesps, ou seja R$ 75,21 por cabeça por deixar de comunicar a vacinação. O valor de cada Ufesp ( Unidade Fiscal do Estado de São Paulo) vale R$ 25,07.

BRUCELOSE-Além da aftosa, o produtor também deve vacinar as fêmeas do rebanho na faixa etária de três a oito meses de idade contra a brucelose. Os prazos são os mesmos para a aftosa, tanto da vacina como da entrega das declarações e as multas nos casos de não declarar ou deixar de vacinar.

O EDA de Dracena, orienta o produtor para não deixar a vacinação na última hora para evitar eventuais problemas. (Com informações da SAA)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também