• domingo, 22 de outubro de 2017
  • 04:28 Icone do tempo--ºC / --ºC

Veículos

30/6/2017 às 04h39

Chevrolet Onix tem zero estrela em teste de segurança do Latin NCap

Carro mais vendido do Brasil foi reprovado em proteção para adultos por causa de mau desempenho no teste de colisão lateral, que não é exigido no país. Marca diz que 'cumpre todos requisitos locais de segurança'.

Chevrolet Onix passa por teste de colisão lateral 
 (Foto: Latin NCap) Chevrolet Onix passa por teste de colisão lateral (Foto: Latin NCap)

O Latin NCap, organização independente que avalia a segurança de veículos, divulgou mais uma rodada de testes de colisão. Carro mais vendido do Brasil, o Chevrolet Onix foi reprovado pela entidade, ficando com zero estrela.

As principais críticas se referem ao mau desempenho do carro em teste de colisão lateral, que não é obrigatório para a homologação de veículos a serem vendidos no Brasil.

O mau resultado foi observado pelo Latin NCap na proteção para ocupantes adultos, dos bancos dianteiros. A entidade apontou o risco de impacto no peito dos ocupantes nesse tipo de batida. "O Onix mostrou um desempenho pobre, já que o teste de impacto lateral evidenciou uma compressão alta no peito do passageiro adulto, divulgando uma alta penetração na estrutura", disse a entidade.

"O Onix não contava com dispositivos de absorção de energia em sua estrutura para impacto lateral, apenas barras nas portas. Considerando esses resultados de testes, o Onix não passaria os requerimentos básicos da regulação para impacto lateral das Nações Unidas (UM 95)", completou o Latin NCap.

Na proteção para crianças, o veículo conquistou 3 estrelas (de 5 possíveis).

O hatch é produzido na unidade de Gravataí (RS) e exportado para Argentina, Colômbia, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai.

POR QUE FOI REAVALIADO -

Em 2014, o Onix foi avaliado com 3 estrelas para adultos, mas o novo padrão de testes do Latin NCap, com colisão lateral, modificou a nota do hatch. Esse tipo de teste se tornou parte da avaliação da entidade em 2016; antes, só era feito se a montadora pedisse.

Por isso, modelos que já tinham sido avaliados voltaram a ser testados. Mas, até agora, apenas 3 que são vendidos no Brasil foram testados nos novos parâmetros: Peugeot 208 e Fiat Palio, que também tiveram notas rebaixadas por conta do desempenho ruim na colisão lateral.

Em todos os casos, o Latin NCap diz que os veículos teriam melhores resultados se tivessem airbags laterais, que não são exigidos por lei.

A entidade passou a ter critérios mais rígidos também para avaliação de impacto frontal. Mas não repetiu o "crash-test" do Onix neste caso: apenas reavaliou os resultados de 2014.

Outras Imagens:

  •  (Foto: Latin NCap)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também