• terça-feira, 21 de novembro de 2017
  • 10:01 Icone do tempo--ºC / --ºC

Cidade

1/7/2017 às 02h48

Prazo para saque é ampliado, em Dracena mais de 8,2 mil beneficiários têm direito

Segundo a CEF até a manhã de ontem,30, mais de 7,9 mil beneficiários com direito ao abono em Dracena já haviam sacado o dinheiro

CEF em Dracena: o trabalhador do setor privado que não teve como sacar o dinheiro até ontem, terá nova oportunidade a partir de 27 de julho
 (Foto: Arquivo/JR) CEF em Dracena: o trabalhador do setor privado que não teve como sacar o dinheiro até ontem, terá nova oportunidade a partir de 27 de julho (Foto: Arquivo/JR)

O prazo do beneficiário com direito a sacar o abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação de Patrimônio do Servidor Público (Pasep), referente ao ano base-2015, que encerraria ontem, 30, foi ampliado e em Dracena, 8. 292 trabalhadores têm direito ao benefício.

O novo prazo para os saques será reaberto em 27 de julho e prossegue até 28 de dezembro. De acordo com a assessoria de imprensa da Caixa Econômica Federal (CEF), de Presidente Prudente, o total do abono do PIS destinados para trabalhadores de Dracena, é de R$ 5.908.716,00.

Deste valor, conforme a CEF, até ontem, 30, de manhã, haviam sido pagos R$ 5.908.716,00 para 7.988 beneficiários, restando R$ 171.155,50 para os 294 trabalhadores restantes sacarem o dinheiro.

Quantidade que acordo com a assessoria da CEF, corresponde somente a 3,55% do total de quem tem o direito ao abono do PIS em Dracena e ainda não havia retirado o dinheiro até nesta última sexta-feira.

A prorrogação do prazo, conforme o Ministério do Trabalho, deve-se ao 1,57 milhão de pessoas, 6,5% do total dos trabalhadores com direito ao abono que não haviam feito até quinta-feira, 27, o saque do benefício referente a 2015.

Cada trabalhador pode ter até R$ 937 a receber, um salário mínimo. O valor varia de acordo com o tempo em que o trabalhador esteve formalmente empregado no ano de referência. É preciso ter trabalhado por no mínimo 30 dias, com remuneração média mensal de até dois salários mínimos. Também é necessário estar inscrito nos programas há pelo menos cinco anos. É preciso ainda que os trabalhadores tenham tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Os valores não sacados são destinados ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). O abono do PIS é pago pela Caixa Econômica Federal a trabalhadores do setor privado. Já o Pasep é pago pelo Banco do Brasil a servidores públicos.

Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que tem o Cartão Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma Casa Lotérica. Se não tiver o Cartão Cidadão, pode retirar o dinheiro em qualquer agência da Caixa, mediante a apresentação de documento de identificação. Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726 02 07, da Caixa. (Com informações da CEF e Agência Brasil).

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também