• terça-feira, 21 de novembro de 2017
  • 10:02 Icone do tempo--ºC / --ºC

Saúde

6/7/2017 às 04h42

Ouro Verde desenvolve programa de planejamento familiar

Cerca de 38 famílias estão cadastradas no programa que além de orientações e acompanhamento, distribuiu 78 unidades de Dispositivo Intrauterino (DIU) e viabilizou a realização de 10 laqueaduras e 7 vasectomias pelo SUS

Em Ouro Verde, os moradores podem buscar informações na secretaria municipal de Saúde (Foto: Cedida/Secretaria Municipal de Saúde Ouro Verde) Em Ouro Verde, os moradores podem buscar informações na secretaria municipal de Saúde (Foto: Cedida/Secretaria Municipal de Saúde Ouro Verde)

Assegurado pela Constituição Federal, o planejamento familiar é um conjunto de ações que auxiliam as pessoas que pretendem ter filhos e também quem prefere adiar o crescimento da família. O município de Ouro Verde desenvolve programa de Planejamento Familiar desde o ano 2000. Trata-se de parceria entre o Ministério da Saúde, Governo do Estado e a secretaria municipal de Saúde.

De acordo com a enfermeira, Aline Sanches, por meio do programa são realizadas várias ações: prevenção e desenvolvimento da Saúde da Mulher; reuniões em grupos de enfermagem, médico, psicólogo e assistente social; solicitação e avaliação de exames laboratoriais, orientações gerais, além do encaminhamento para realização de laqueaduras e vasectomias pelo Sistema Único de Saude (SUS), que também disponibiliza para as mulheres o DIU TCu 380 (DIU de cobre). Cerca de 38 famílias estão cadastradas no programa de planejamento familiar em Ouro Verde.

Ainda de acordo com Sanches, já foram realizadas 10 laqueaduras (por mulheres com mais de 25 anos e que tenham pelo menos dois filhos vivos) e 7 vasectomias. As laqueaduras foram realizadas no Hospital Estadual em Presidente Prudente e as vasectomias na Nova Clínica, em Presidente Prudente. Todas pelo SUS. Também foram disponibilizadas 78 unidades de DIU. O programa segue ativo e os munícipes interessados devem procurar a secretaria municipal de Saúde de Ouro Verde.

Segundo informações do Blog do Ministério da Saúde, o DIU de cobre é considerado um método eficaz e de longa duração uma vez que previne a gravidez por até 10 anos depois de inserido na mulher. Também é reversível, pois assim que a mulher retirar o dispositivo, já está apta a engravidar novamente.

Pode ser usado por quase todas as mulheres, desde adolescentes que ainda não possuem filhos e até mulheres mais velhas, com exceção de poucas restrições, como malformações uterinas ou miomas intracavitários.

Entre os mitos que cercam este método estão o desenvolvimento de infecções e cânceres, o que já se sabe que não é verdade. No SUS, as medicações são oferecidas em Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Outras Imagens:

  •  (Foto: Cedida/Secretaria Municipal de Saúde Ouro Verde)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também