• terça-feira, 21 de novembro de 2017
  • 10:02 Icone do tempo--ºC / --ºC

Economia

15/7/2017 às 08h32

Ministro diz que reforma trabalhista favorece confiança de investidores

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, disse ontem, 14, que a aprovação da reforma trabalhista, sancionada quinta-feira (13), é um passo importante para construção de um ambiente de confiança de investidores nacionais e internacionais. “Não obstante essa questão da crise política, os investidores estão vendo com muito bons olhos”, disse. Segundo ele, há uma aposta na economia brasileira e a nova legislação ajuda a dar mais segurança jurídica. “A maior reclamação, entrave ao desenvolvimento do país, chamas-se burocracia”.

Marcos Pereira se reuniu com o prefeito de São Paulo, João Doria, para discutir a participação do Brasil no Fórum Econômico Mundial, em março de 2018, na cidade de São Paulo, na edição latino-americana do evento. “Nós vamos apresentar conjuntamente – governo municipal, estadual e federal –, em Davos, na Suíça, opções de investimentos para os grandes fundos e os investidores privados no país”, disse Doria. O fórum de Davos, como também é conhecido, ocorre anualmente no mês de janeiro.

O ministro informou que a pasta está elaborando um programa com o Fórum Econômico Mundial sobre a indústria 4.0. “É um tema importantíssimo, que está sendo discutido no mundo inteiro, a indústria da manufatura avançada, como se chama”, explicou. Ele acrescentou que o Brasil faz parte do Conselho do Futuro da Produção e Manufatura Avançada do Fórum de Davos. “Queremos mostrar essa nova face de São Paulo e do Brasil para o mundo e esse evento será importante nesse sentido”, avaliou.

João Doria também comentou a posição do PSDB em apoiar as reformas do governo federal. “Nossa defesa é proteger aquilo que vem funcionando no plano econômico com a política econômica, que é correta. Nesse sentido, o PSDB tem que estar ao lado do Brasil. Enquanto o governo proteger o Brasil, nós estaremos ao lado daqueles que protegem também”, disse.

Na segunda-feira (10), lideranças do PSDB reuniram-se no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, para discutir os rumos do partido diante da atual conjuntura política. O senador e presidente em exercício do partido, Tasso Jereissati (CE), disse que não existe consenso dentro do partido sobre a permanência no governo. “O que eu estou observando é que o partido [PSDB] por si mesmo está desembarcando [do governo Temer], independente do controle ou da minha vontade”, disse Jereissati.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também