• terça-feira, 21 de novembro de 2017
  • 10:03 Icone do tempo--ºC / --ºC

Saúde

16/7/2017 às 04h25

Dracena registra cinco casos positivos de dengue neste primeiro semestre do ano

Em comparação ao mesmo período do ano passado, conforme a Vigilância Epidemiológica de Dracena foram registrados 345 casos suspeitos, sendo 106 positivos da doença, uma redução de 95,28%

Dracena registrou cinco casos positivos de dengue neste primeiro semestre do ano
 (Foto: Arquivo/JR) Dracena registrou cinco casos positivos de dengue neste primeiro semestre do ano (Foto: Arquivo/JR)

Neste período do inverno é comum o baixo índice de chuva em Dracena e região e devido à característica climática, todo cuidado é pouco na conscientização da população para não dar “brecha” às larvas do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya e Zica Vírus, que usufrui da água parada em objetos que sirvam como criadouros.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica de Dracena, neste primeiro semestre do ano foram registrados cinco casos positivos de dengue, sendo três pela rede particular e dois pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e nenhum caso de febre chikungunya e Zica Vírus.

Conforme a Vigilância Epidemiológica, em comparação ao primeiro semestre do ano passado, quando foram registrados 345 casos suspeitos e 106 positivos de dengue, houve uma redução de 95,28%, e nenhum caso de febre chikungunya e Zica Vírus.

Ainda de acordo com a Vigilância Epidemiológica do município, as ações desenvolvidas e que contribuíram no de combate ao mosquito Aedes aegypti, foram: os quatro mutirões de limpeza ao ano, arrastões de limpeza, fornecimento de caçambas terceirizadas para limpeza dos quintais, semanas de mobilização, palestras educativas em escolas, instituições e associações, visitas quinzenais e mensais em pontos estratégicos como: ferro velhos, borracharias, floriculturas e cemitérios, além da entrega de panfletagens em feira livre, supermercados, igrejas, comércios, farmácias entre outros.

Notificações e multas

Segundo o setor de fiscalização da prefeitura de Dracena, entre o dia 1º de maio a 6 de julho deste ano, foram expedidas 84 notificações aos proprietários de terrenos baldios na cidade, gerando 15 multas com o valor unitário de R$ 263,90 em 10 UFMs (Unidade Fiscal do Município).

Em comparação ao mesmo período do ano passado, foram expedidas 97 notificações que culminaram em 45 multas, uma redução de 13,40% em notificações e 66,66% em multas.

Ainda conforme o setor de fiscalizações da prefeitura, após a notificação junto ao proprietário do terreno baldio, o prazo de limpeza é de 15 dias, em observância a Lei Complementar 050/1995, a partir do recebimento da notificação, para que execute a limpeza e capinação dos lotes urbanos do município, edificados ou não e cercados ou não.

De acordo com o setor de fiscalização, caso o dono do terreno não obedeça ao prazo estipulado pela limpeza, o infrator incorrerá em multa de 10 UFMs (Unidade Fiscal do Município), ou seja, R$ 263,90 e podendo apresentar a defesa por escrito em um prazo de 30 dias, a partir do recebimento da multa.

Segundo o setor da prefeitura de Dracena, os serviços prestados de limpeza e capinação de lotes situados no perímetro urbano do Município, e os valores são variáveis de acordo com o grau de dificuldade e do equipamento necessário para a realização do serviço, sendo: limpeza com equipamento de uso manual ou mecanizado e remoção: R$ 0,52/m² e limpeza mecanizada com pá carregadeira e remoção: R$ 0,72/m².

Outras Imagens:

  •  (Foto:  Arquivo/JR)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também