• sexta-feira, 15 de dezembro de 2017
  • 15:36 Icone do tempo--ºC / --ºC

Política

5/8/2017 às 04h15

Em sessão extraordinária, Câmara Municipal de Dracena aprova dois convênios da Prefeitura

São eles com o Tribunal de Justiça de São Paulo e com a Univesp

Os vereadores voltam a se reunir na segunda-feira para sessão ordinária às 20h
 (Foto: Assessoria) Os vereadores voltam a se reunir na segunda-feira para sessão ordinária às 20h (Foto: Assessoria)

Na manhã de ontem, 4, os vereadores participaram da 9ª sessão extraordinária e aprovaram por unanimidade dois projetos de lei do Executivo que o autorizam a celebrar convênio com o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) e a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). Ambos terão vigência de cinco anos.

O primeiro a ser votado foi o PL n.° 61/17, que autoriza a parceria entre o Executivo e o TJSP para instalação do Posto Avançado do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc). O foco das conciliações serão as execuções fiscais, como as de não pagamento de tributos municipais, entre outros.

Com a aprovação, o município deverá fornecer o espaço físico para instalação do posto e o Tribunal fica responsável pela seleção e capacitação dos funcionários que farão os atendimentos.

Os vereadores Milton Polon, Pedro Gonçalves Vieira, Kielse Muniz, Victor Palhares e Cláudio José Pasqualeto, fizeram uso da tribuna para parabenizar a iniciativa e apontar os benefícios que ela trará para Dracena.

O convênio com a Univesp foi o segundo a ser votado e apresentado através do PL n.° 62/17, com o objetivo de instalação de polo de apoio presencial para realização de cursos de licenciatura em matemática e em pedagogia e de engenharia da computação e de engenharia de produção, na modalidade de Ensino a distância (EaD), ofertadas gratuitamente pela universidade.

O município assumirá o compromisso de oferecer e manter o espaço físico que será utilizado pelos alunos, recursos humanos, equipamentos de informática e infraestrutura, enquanto que a UNIVESP disponibilizará todo recurso acadêmico, como tutores, acompanhamento e livros didáticos e será responsável pela aplicação do vestibular.

Os vereadores Cláudio José Pasqualeto, Milton Polon, Maria Mateus e Ailton Lorensetti, usaram a tribuna para discutir o projeto. Todos exaltaram o fortalecimento da Educação no município com a vinda da Univesp.

Os vereadores voltam a se reunir na segunda-feira, 7, para a 22ª sessão ordinária a ser realizada às 20h.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também