• domingo, 22 de outubro de 2017
  • 04:31 Icone do tempo--ºC / --ºC

Meio Ambiente

11/8/2017 às 04h56

PM Ambiental adverte homem por manter macaco-prego em cativeiro sem autorização

Macaco-prego foi localizado em cativeiro sem autorização do órgão competente 
 (Foto: Cedida/PM Ambiental) Macaco-prego foi localizado em cativeiro sem autorização do órgão competente (Foto: Cedida/PM Ambiental)

A Polícia Militar Ambiental, durante um patrulhamento realizado nesta terça-feira, 8, localizou em uma propriedade rural, em Tupi paulista, um macaco-prego mantido em cativeiro sem autorização.

Ao chegar no local, conforme a Corporação, foi aplicada uma advertência ao responsável pelo animal por manter em cativeiro espécimes da fauna silvestre, incorrendo no disposto no artigo 25, parágrafo 3º, inciso III, da Resolução SMA-048/2014.

Segundo a Polícia Ambiental, a ocorrência será apresentada via ofício à Polícia Civil por, em tese, incorrer no disposto do artigo 29 da lei federal 9.605/98.

Ainda segundo a Corporação, o macaco-prego permaneceu com o próprio infrator, no aguardo de uma decisão judicial para um local adequado para a destinação, considerando que o animal estabeleceu uma “relação afetiva” com o seu responsável.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também