• terça-feira, 19 de setembro de 2017
  • 15:49 Icone do tempo--ºC / --ºC

Meio Ambiente / Tempo

21/8/2017 às 19h32

Vendaval causa quedas de árvores e fios energizados nas vias urbanas

Em Dracena foi registrado 52,5 mm de chuvas no domingo, com o vendaval, bombeiros atenderam cerca de 15 ocorrências, a maioria por queda de árvores

Uma das árvores que caíram com a força dos ventos em Dracena na estrada do bairro das Antas (Foto: Divulgação ) Uma das árvores que caíram com a força dos ventos em Dracena na estrada do bairro das Antas (Foto: Divulgação )

A forte chuva com ventos que atingiu a região no domingo, 20, causou em Dracena, quedas de árvores e fios elétricos que caíram nas vias da cidade.

Segundo a Coordenadoria de Assistência Técnica e Integral (Cati) de Dracena, foi registrado domingo no município, 52,5 mm de chuva, totalizando 125 mm neste mês de agosto, quantidade maior do que a registrada durante todo o mês de agosto de 2016, quando totalizou 115 mm.

De acordo com os Bombeiros de Dracena, durante o domingo, foram atendidas cerca de 15 ocorrências, a maioria de árvores tombadas e fios elétricos energizados que caíram com a ventania nas ruas com riscos de acidentes. No Jardim Brasilândia, uma árvore tombou sobre uma residência que foi serrada e retirada pelos bombeiros.

Os Bombeiros informam também que devido ao grande número de chamadas, as prioridades nos atendimentos foram das situações mais graves que poderiam causar riscos de acidentes para os moradores e motoristas nas vias.

Para auxiliar, houve apoio nos atendimentos do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Elektro e a Prefeitura.

Pelo menos quatro árvores que caíram sobre as vias urbanas foram serradas pelos Bombeiros que deixaram as vias em segurança, a exemplo da rua Frei Perin e sobre a residência no Jardim Brasilândia.

ZONA RURAL- Na zona rural foram duas ocorrências atendidas pelos Bombeiros de queda de árvores. Uma delas, um eucalipto de grande porte caiu sobre a estrada municipal de acesso ao Córrego das Antas.

No trecho existem várias chácaras e o proprietário de um desses imóveis, Luiz Carlos da Silva, procurou a reportagem para falar sobre o risco de quedas de outras árvores (eucaliptos) que foram plantados no trecho há aproximadamente 60 anos e tem cerca de 40 metros de altura.

Silva relata que já ocorreu queda de outro pé de eucalipto no local e afirma que o ocorrido domingo poderia ser evitado se houvesse uma vistoria pelo órgão responsável para monitorar a situação dessas árvores.

“É preciso fazer um trabalho de prevenção para que não volte a ocorrer, desta vez não houve danos mais sérios, nem vítimas, mas temos que ter segurança de trafegar pela estrada”, afirma.

Segundo o proprietário os Bombeiros estiveram no local, interditaram a área mas não serraram a árvore caída. “Disseram que motosserra que possuem seria pequena para esse serviço, já que era uma árvore de grande porte”, declarou.

A reportagem entrou em contato com os Bombeiros e de acordo com a corporação, ao chegar no local, verificaram a situação, isolaram a área entraram em contato com o vice-prefeito Moisés Antônio de Lima, onde ficou acertado que a árvore seria removida com maquinários da Prefeitura.

Os bombeiros explicaram que a árvore não oferecia mais riscos de acidentes e entraram em contato com um dos proprietários das chácaras para que os usuários pudessem utilizar o desvio, passando pela propriedade e o mesmo concordou, evitando que os usuários da estrada não tivessem o acesso necessário.

A corporação ressaltou também que os bombeiros possuem os equipamentos necessários para os atendimentos, mas para cortar uma árvore do diâmetro como a que tombou na estrada, era preciso uma motosserra maior o que os bombeiros realmente não possuem, mas a situação já estava contornada e já havia sido conversado com o vice-prefeito para a Prefeitura retirar a árvore.

Salientam também outras chamadas para atender que eram urgentes inclusive na região e o local estava em segurança.

Ressaltam que a motosserra da corporação realiza os serviços de podas e cortes de galhos de árvores como fizeram no domingo com outras árvores na zona urbana na manhã de domingo.

Ainda no período da manhã de ontem, 21, o maquinário da Prefeitura foi mobilizado para retirar a árvore do local. As árvores, conforme os bombeiros estão localizadas em propriedade particular.

PREFEITURA- A Prefeitura Municipal de Dracena informou por meio da assessoria de imprensa que sua equipe técnica está fazendo a análise dos prejuízos referentes a chuva do final de semana. “Ainda não temos o relatório completo dos estragos causados. Entretanto podemos adiantar que houve quedas de árvores, principalmente na zona rural, avarias devido a alagamentos e danos materiais em alguns órgãos públicos, mas nada que tenha comprometido o funcionamento dos mesmos”.

Outras Imagens:

  •  (Foto: Cedida/WhatsApp)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também