• sábado, 18 de novembro de 2017
  • 17:10 Icone do tempo--ºC / --ºC

Polícia

9/9/2017 às 02h16

Polícia Civil irá abrir inquérito sobre a morte de mais de 15 gatos em Dracena

De acordo com a Polícia Militar, mais de 15 felinos foram encontrados mortos dentro do cercado de uma área verde da cidade; segundo o cuidador dos animais, Benedito Contrera, foi encontrado veneno na comida e na água

Suspeita da morte dos felinos possa ter sido provocada por envenenamento na comida e água dos animais (Foto: Divulgação/Facebook) Suspeita da morte dos felinos possa ter sido provocada por envenenamento na comida e água dos animais (Foto: Divulgação/Facebook)

A Polícia Civil de Dracena irá abrir inquérito para investigar a autoria de um crime bárbaro que repercutiu nas redes sociais e comoveu a população e defensores dos animais, na manhã de ontem, 8, sobre a morte de dezenas de gatos na cidade.

Segundo a Polícia Militar, em atendimento via Copom, por volta das 7h50 de ontem, no cruzamento das ruas Verona e Benedito Borges no Jardim Itália, em uma área verde da cidade foi constatada a morte de mais de 15 gatos que viviam em um cercado feito por um cuidador de animais abandonados de rua.

Ainda segundo a Corporação, a suspeita é que a morte dos felinos possa ter sido provocada por envenenamento, que conforme a PM, todos foram encontrados dentro do cercado, onde já haviam sidos recolhidos.

De acordo com a Polícia, o cuidador dos gatos disse em depoimento, que ao chegar de manhã para tratá-los no cercado onde viviam, foi encontrado veneno na carne moída e na água dos bebedouros dos animais.

A perícia técnica da Polícia Civil compareceu ao local e coletou amostra da carne e da água, para comprovar se houve algum tipo de colocação de veneno na comida e na água.

A Polícia Militar registrou o caso como maus tratos aos animais, sendo apresentado no plantão da Delegacia de Policia Civil, para a instauração de inquérito. 

A reportagem do Jornal Regional entrou em contato com o cuidador dos felinos abandonados, Benedito Contrera da Silva, o mesmo disse que no cercado vivem cerca de 90 gatos, sendo que 17 deles já haviam constatado a morte.

Ele é cuidador de animais abandonados de rua há 15 anos e 7 anos somente neste local, onde fez um cercado com casinha e bebedouros para os felinos. Ainda segundo o professor Benê, como é conhecido popularmente, ele recebe doações de alimentos e medicamentos por voluntários e defensores dos animais abandonados de rua.

 

Outras Imagens:

  •  (Foto: Divulgação/Facebook)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também