• sábado, 18 de novembro de 2017
  • 11:57 Icone do tempo--ºC / --ºC

Cotidiano

12/9/2017 às 11h09

Bebê é encontrada abandonada em terreno baldio

Ao lado da criança, foi localizado um bilhete escrito pela mãe

No bilhete, a mãe disse que não tinha condições de cuidar da menina, que recebeu o nome de Yasmin

 (Foto: Divulgação) No bilhete, a mãe disse que não tinha condições de cuidar da menina, que recebeu o nome de Yasmin (Foto: Divulgação)

Uma recém-nascida foi encontrada por uma mulher na manhã desta segunda-feira (11), ao lado de um terreno baldio do bairro Pereirinha, em Penápolis. A criança, do sexo feminino, ainda com o cordão umbilical, estava dentro de uma mochila e enrolada com panos, na calçada. 

De acordo com a Polícia Militar, a mulher, de 23 anos, após deixar os filhos na escola, passava pela rua, quando ouviu um choro de bebê. Quando se aproximou, viu que era a menina. 

Um vizinho ajudou a tirar a criança da calçada, enquanto outra mulher a amamentou. O grupo acionou o Corpo de Bombeiros, que levou a menina ao pronto-socorro, onde recebeu atendimento médico, sendo transferida para a Unidade de Pediatria da Santa Casa.

Segundo o que a reportagem apurou, a menina nasceu com 2,3 quilos e 44 centímetros. Ela passaria por exames, sem previsão de alta. Seu estado de saúde era considerado bom.

CARTA

Ainda conforme a PM, uma carta foi localizada ao lado da recém-nascida. No bilhete, a mãe explicava que não tinha condições de criar a menina, que recebeu o nome de Yasmin, bem como não ter família nem residência em Penápolis. A polícia acredita que a criança nasceu entre a noite de domingo (10) e a madrugada desta segunda.

A mãe da criança ainda não foi localizada. 

A DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) já instaurou inquérito para investigar o caso. Testemunhas serão ouvidas e o Conselho Tutelar acompanha todos os procedimentos, encaminhando um relatório ao Judiciário, que decidirá se a criança irá para a adoção ou uma casa abrigo.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também