• sábado, 21 de abril de 2018
  • 22:16 Icone do tempo--ºC / --ºC

Turismo

27/10/2017 às 17h40

Região de Presidente Prudente terá três municípios de interesse turístico

Assembleia de SP aprovou projeto para desenvolver o turismo em Rancharia, Rosana e Santo Expedito

Município de Rancharia (Foto: Divulgação) Município de Rancharia (Foto: Divulgação)

Os municípios de Rancharia, Rosana e Santo Expedito, na região administrativa de Presidente Prudente, receberão, a partir de agora, cerca de R$ 650 mil por ano para fomentar o turismo regional. A proposta, de autoria dos 94 deputados estaduais, foi aprovada ontem (26/10) e torna 31 cidades paulistas como Municípios de Interesse Turístico (MIT).

 

Os MITs recebem recursos anuais do governo do Estado para serem destinados a investimentos na infraestrutura turística. A utilização da verba deve fomentar a ampliação e o fortalecimento das atividades econômicas da região.

 

Além das citadas, as cidades que ganharam o título são: Altinópolis, Araras, Araraquara, Areias, Cabreúva, Campina do Monte Alegre, Cardoso, Cruzeiro, Itapuí, Itupeva, Jaú, Lençóis Paulista, Limeira, Lins, Mairiporã, Mira Estrela, Mogi das Cruzes, Nazaré Paulista, Novo Horizonte, Registro, Riolândia, Santa Branca, Santa Cruz do Rio Pardo, São Simão, Tabatinga, Tambaú, Uchôa, Votuporanga.

 

Os municípios de Agudos, Barretos, Brodowski, Buritama, Espírito Santo do Pinhal, Guararema, Iacanga, Jundiaí, Martinópolis, Monte Alto, Pedreira, Piedade, Rifaina, Rubineia, Sabino, Sales, Santa Isabel, Santo Antonio da Alegria, Tapiraí e Tatuí já haviam recebido a classificação de interesse turístico em votação anterior no parlamento. A proposta é que além das 70 estâncias já existentes no estado, declare-se outros 140 municípios como de interesse turístico.

 

MITs - Para que seja considerado de Interesse Turístico, a cidade deve ter atrativos turísticos, serviço médico emergencial, de hospedagem, de alimentação, informações turísticas e abastecimento de água potável e esgoto. 

A classificação garante a cada cidade o recebimento de cerca de R$ 650 mil por ano.A proposta é que além das 70 estâncias já existentes no estado, declare-se outros 140 municípios como de interesse turístico.

 

Vinte deles já haviam sido classificados no primeiro semestre: Agudos, Barretos, Brodowski, Buritama, Espírito Santo do Pinhal, Guararema, Iacanga, Jundiaí, Martinópolis, Monte Alto, Pedreira, Piedade, Rifaina, Rubineia, Sabino, Sales, Santa Isabel, Santo Antonio da Alegria, Tapiraí e Tatuí.

 

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também