• domingo, 19 de novembro de 2017
  • 19:12 Icone do tempo--ºC / --ºC

Agricultura

29/10/2017 às 05h30

Campanha de vacinação estadual será lançada pelo Secretário da Agricultura, dia 1º em Flórida Paulista

Na região do Escritório da Defesa Agropecuária (EDR) de Dracena, a previsão é serem imunizados aproximadamente 300 mil cabeças de gado

Arnaldo Jardim, fará o lançamento da campanha de vacinação contra a febre aftosa, na próxima quarta-feira, em fazenda de Flórida Paulista (Foto: Divulgação (SAA)) Arnaldo Jardim, fará o lançamento da campanha de vacinação contra a febre aftosa, na próxima quarta-feira, em fazenda de Flórida Paulista (Foto: Divulgação (SAA))

A campanha de vacinação contra a febre aftosa 2017 no Estado de São Paulo, será lançada oficialmentena próxima quarta-feira, 1º, às 15h, pelo secretário da Agricultura, Arnaldo Jardim, na fazenda Jacutinga, em Flórida Paulista. Também estará presente o coordenador da Defesa Agropecuária do Estado, Fernando Gomes Buchala.

Até 30 de novembro devem ser vacinados todos os bovídeos (bovinos e bubalinos) do rebanho paulista de 11 milhões de cabeças. Os animais vacinados em maio, que na época tinham até 24 meses, também devem ser vacinados. É proibida a vacinação de outras espécies além de bovinos e bubalinos.

REGIÃO - Nos 16 municípios de abrangência do Escritório da Defesa Agropecuária (EDR) de Dracena, a previsão é serem imunizados aproximadamente 300 mil cabeças de gado.

“O criador deve se organizar para fazer a vacinação dentro do prazo estabelecido pela legislação, ou seja, de 1 a 30 de novembro, e tem até o dia 7 de dezembro para comunicar a vacinação ao órgão oficial de Defesa Agropecuária diretamente no sistema informatizado Gedave. É preciso também declarar todos os animais de outras espécies existentes na propriedade, tais como equídeos (equinos, asininos e muares), suideos (suínos, javalis e javaporco), ovinos, caprinos e aves (granjas de aves domésticas, criatórios de avestruzes)”, informa a Defesa Agropecuária.

A vacinação é obrigatória. Deixar de vacinar e de comunicar a vacinação sujeita o criador a multas de 5Ufesps (125,35 reais) por cabeça por deixar de vacinar, e 3 Ufesps (75,21 reais) por cabeça por deixar de comunicar. O valor de cada Ufesp - Unidade Fiscal do Estado de São Paulo é 25,07 reais. (Com informações da Secretaria da Agricultura).

 

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também