• domingo, 19 de novembro de 2017
  • 19:19 Icone do tempo--ºC / --ºC

Economia

7/11/2017 às 13h00

Inflação da baixa renda sobe 0,42% em outubro, aponta FGV

O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) subiu 0,42% em outubro, após a deflação de 0,25% registrada em setembro, informou nesta terça-feira, 7, a Fundação Getulio Vargas (FGV). 

O indicador é usado para mensurar o impacto da movimentação dos preços entre famílias com renda mensal entre 1 e 2,5 salários mínimos. Com o resultado, o índice acumulou alta de 1,89% no ano. Em 12 meses, a taxa do IPC-C1 ficou em 2,14%. 

Em outubro, o IPC-C1 ficou acima da variação da inflação média apurada entre as famílias com renda mensal entre 1 e 33 salários mínimos, obtida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Brasil (IPC-BR), que teve alta de 0,33% no mês. No acumulado em 12 meses, porém, a taxa do IPC-BR foi superior, aos 3,16%.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também