• segunda-feira, 18 de dezembro de 2017
  • 06:56 Icone do tempo--ºC / --ºC

Nacional

6/12/2017 às 16h03

Rogério 157 aparece algemado e sorridente em selfies com policiais; corregedoria apura

Imagens foram compartilhadas em redes sociais e mostram agentes felizes. Em uma delas, o próprio traficante aparece sorrindo. Após sair em fotos, delegado critica: 'Está sendo corrigido'.

Algemado e sorridente, Rogério 157 posa para selfie com policial (Foto: Redes sociais) Algemado e sorridente, Rogério 157 posa para selfie com policial (Foto: Redes sociais)

A Corregedoria da Polícia Civil abriu sindicância para investigar fotos de policiais ao lado de Rogério 157, momentos após a prisão do traficante, viralizadas nas redes sociais nesta quarta-feira (6). Nas imagens, eles aparecem posando para a fotografia ou até mesmo tirando selfies. Em uma delas, o próprio traficante aparece algemado e sorrindo.

Na Cidade da Polícia, onde o caso foi registrado, alguns agentes já tinham conhecimento do alcance tomado pelas imagens e criticaram. "Tem gente muito trouxa. Tirar foto com bandido? Parece até que não conhecem o código penal", disse um policial que não quis se identificar.

 

Após sair em fotos, delegado critica

 

O delegado Gabriel Ferrando, um dos responsáveis pela operação que culminou na prisão, disse que ainda não há decisão sobre o que ocorrerá com os autores das fotografias.

 

“É uma questão que está sendo corrigida. Eu realmente não aprovo. Mas foi um momento de explosão. Foi uma vitória para todo o Rio. Foi um momento de explosão, mas isso já está sendo visto”, disse delegado.

 

O próprio delegado, no entanto, tirou uma foto em que 157 aparece no banco de trás do carro, já preso pelos policiais. Em outra imagem, ele é visto com a mão no ombro do traficante, enquanto a equipe policial posa para celebrar a prisão (veja nas imagens abaixo).

 
Delegado criticou as selfies pouco depois de ele mesmo tirar uma foto em que 157 aparece no banco de trás do carro (Foto: Reprodução)

Delegado criticou as selfies pouco depois de ele mesmo tirar uma foto em que 157 aparece no banco de trás do carro (Foto: Reprodução)

 
 
Policiais tiram fotos com o bandido Rogério 157

Policiais tiram fotos com o bandido Rogério 157

 

Prisão de Rogério 157

 

Um dos chefes do tráfico da Rocinha, Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, foi preso nesta quarta-feira (6) de manhã no Arará, Zona Norte.

Ele foi capturado por dois policiais, um da 12ª (Copabana) e outro da 13ª (Ipanema). Segundo os agentes, ele não resistiu à prisão, que ocorreu na laje de uma casa. Ainda de acordo com a polícia, havia seguranças com Rogério quando ele foi localizado, mas os comparsas fugiram com a chegada da equipe. O traficante foi encontrado na casa de uma mulher na comunidade.

Nos últimos meses, depois da guerra na Rocinha, o traficante estava rondando as favelas do Comando Vermelho, sem permanecer muito tempo em nenhuma comunidade.

Segundo o Disque Denúncia, desde o início do ano foram recebidas 434 denúncias contendo informações sobre o traficante Rogério 157 durante operação que ocorre nas imediações da comunidade da Mangueira.

 
Agentes são fotografados ao lado de criminoso (Ferrando aparece à esquerda, de boné, com a mão no ombro de Rogério 157) (Foto: Redes sociais)

Agentes são fotografados ao lado de criminoso (Ferrando aparece à esquerda, de boné, com a mão no ombro de Rogério 157) (Foto: Redes sociais)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também