• sábado, 22 de setembro de 2018
  • 15:44 Icone do tempo--ºC / --ºC

Entretenimento

29/12/2017 às 02h01

Laranjinha e Acerola estão de volta

Eles cresceram e agora voltam para estrelar a nova temporada de “Cidade dos Homens”, vivendo os personagens que os consagraram: Acerola (Douglas Silva) e Laranjinha (Darlan Cunha) 

 (Foto: João Cotta-RG) Eles cresceram e agora voltam para estrelar a nova temporada de “Cidade dos Homens”, vivendo os personagens que os consagraram: Acerola (Douglas Silva) e Laranjinha (Darlan Cunha) (Foto: João Cotta-RG)

 

Uma das grandes estreias da Globo neste começo de ano é a nova temporada de “Cidades dos Homens”, série que foi originalmente exibida na emissora em 2002 e que teve continuação em 2005. Três grandes conflitos regem a nova temporada de “Cidade dos Homens”: o desemprego, a disputa pela guarda do filho e o preconceito que surge de onde menos se espera. A trama, uma coprodução da Globo com a O2 Filmes estreia na noite desta terça-feira e mostra a dupla Acerola (Douglas Silva) e Laranjinha (Darlan Cunha), já adultos, enfrentando novos dilemas, desafios e questionamentos. E, diante deles, os dois têm uma só certeza: uma amizade verdadeira que ultrapassa o tempo e supera barreiras.

A minissérie é escrita por Marton Olympio, com supervisão de roteiro de George Moura e tem direção de Pedro Morelli.

Assim como na temporada anterior, a minissérie usa o tempo presente como fio condutor para narrar uma nova história, revisitando, através de flashbacks, as aventuras de Laranjinha e Acerola, em antigos episódios. Desempregado e sem dinheiro, Acerola (Douglas Silva) aceita fazer um “bico”, sem saber que o serviço é para um bandido, que se denomina o dono do morro. E, para piorar a situação, a tarefa dá errado e, sem opção, ele se vê obrigado a entregar uma carga roubada, indo contra todos os seus princípios. Já para Laranjinha (Darlan Cunha), a volta de Poderosa (Roberta Rodrigues), mãe de Davi (Luan Pessoa), vai obrigá-lo a lutar pela guarda do menino. Ela, que deixou seu filho ainda bebê sob os cuidados do pai, agora retorna decidida a ter o menino a qualquer custo. Tudo isso em meio à difícil rotina dos moradores do Rio de Janeiro e os constantes confrontos entre policiais e traficantes. A nova temporada marca ainda o reencontro com mais um personagem: João Vitor (Thiago Martins), o antigo amigo playboy do episódio “João Victor e Uólace”, que foi tão presente na adolescência da dupla, agora volta à trama como professor de seus filhos Davi e Clayton (Carlos Eduardo Jay).

Para George Moura, supervisor do roteiro da minissérie, “Cidade dos Homens” dá voz a dramas que parecem estar à margem, mas que pertencem à maioria da população brasileira. “Contamos histórias fortes envolvendo temas como a nova realidade das comunidades, o racismo, a falta de grana e de oportunidade e os conflitos da paternidade. Temos ainda o retorno de Roberta Rodrigues e Thiago Martins, talentos que se revelaram muito jovens no universo da dramaturgia do ‘Cidade dos Homens’. São reencontros mágicos, sobretudo à luz da reprise de cenas de episódios antigos, como narrativa em flashback, que mostra todo o elenco ainda criança e adolescente”, revela.

Marton Olympio, autor da nova temporada, diz que as observações sobre o dia-a-dia servem como inspiração para contar as histórias de Laranjinha e Acerola.

 

 

 

 

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também