• quinta-feira, 26 de abril de 2018
  • 18:12 Icone do tempo--ºC / --ºC

Educação

8/1/2018 às 11h20

Faculdade de Ciências Contábeis de Lucélia suspende atividades

Com baixo número de alunos, déficit e necessidade de adequar prédio, CEALPA suspende atividades.

CEALPA: Faculdade de Ciências Contábeis de Lucélia suspende atividades em 2018 (Foto: Cealpa) CEALPA: Faculdade de Ciências Contábeis de Lucélia suspende atividades em 2018 (Foto: Cealpa)

Por meio de comunicado, o Centro de Ensino da Alta Paulista (CEALPA) anunciou a suspensão das atividades da Faculdade de Lucélia, no ano letivo de 2018. A instituição integra a REGES (Rede Gonzaga de Ensino Superior).

No comunicado, assinado por José Gonzaga da Silva Neto, presidente da REGES, e pela diretora Lucimar Paro Fiorini, é informado que “a medida se dá por questões estratégicas e por inexistência de clientela em número suficiente à manutenção e funcionamento de seus cursos, pelo imenso déficit financeiro nos últimos dez anos, além da necessidade urgente de uma ampla reforma nas instalações do prédio que abriga a referida Faculdade”. No que se refere às reformas, os problemas estariam relacionados às adequações às normas de prevenção e combate à incêndio, para obtenção do AVCB do Corpo de Bombeiros.

Ainda no comunicado, é informado que na CEALPA há um plantão de atendimento presencial para informações e auxílios nos processos de transferências para outras Faculdades do grupo mais próximas de Lucélia, como as Faculdades REGES de Osvaldo Cruz e Dracena. A CEALPA informa ainda que os alunos do curso de Ciências Contábeis de Lucélia poderão escolher se matricular, mediante transferência, em outra instituição de sua escolha.

Mesmo com a suspensão do curso – que tem alunos matriculados – e com as opções dadas pela instituição para transferência para outras unidades, a comunicado alega que os estudantes não terão prejuízo acadêmico. A “Faculdade de Lucélia (CEALPA), as Faculdades REGES de Osvaldo Cruz e de DRACENA, estão dando o suporte nesse processo de transição e que já estão em andamento através de transferências que serão realizadas pelos estabelecimentos que receberão os alunos, não havendo, assim, qualquer prejuízo acadêmico nesse sentido”, diz.

Em Lucélia, o CEALPA mantém o curso superior de Ciências Contábeis, com autorização de funcionamento desde 19 de junho de 1972, conforme Decreto Federal Nº 70.723. O curso foi reconhecido pelo Decreto Federal Nº 78.553, de 13 de outubro de 1976.

Curso sofreu mudanças em 2016

Em agosto de 2016, um grupo de alunos curso superior em ciências contábeis da CEALPA procurou o SIGA MAIS e denunciando mudanças na estrutura pedagógica que introduziu aulas à distância, em uma estrutura que até então era 100% presencial. A mudança repentina pegou os estudantes de surpresa (reveja aqui).

A decisão da instituição irritou os estudantes, que não se posicionam contrários modalidade à distância bastante comum hoje no Brasil, todavia, se manifestaram contrários à introdução dessa dinâmica em um curso totalmente presencial, dentro do que foi ofertado no vestibular e consignado no contrato de matrícula, celebrado entre os alunos e a faculdade.

Na época, o SIGA MAIS procurou o Ministério da Educação, acerca da mudança. O MEC, por meio de sua assessoria, disse que a alteração na grade, que até então era 100% presencial, era legal, prevista na Portaria 4059, de 10 de dezembro de 2004.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também