• segunda-feira, 18 de junho de 2018
  • 14:05 Icone do tempo--ºC / --ºC

Polícia

9/1/2018 às 14h36

Bifes recheados com cartões e adaptadores de memória são barrados na PII de Venceslau

Bifes enrolados estavam com drogas (Foto: Ass. Imprensa-SAP) Bifes enrolados estavam com drogas (Foto: Ass. Imprensa-SAP)
O primeiro final de semana de 2018 começa com uma apreensão inusitada na Penitenciária “Maurício Henrique Guimarães Pereira” de Presidente Venceslau (PII): Bifes trazidos pela visita de um sentenciado estavam recheados com 39 (trinta e nove) cartões de memória contendo músicas e filmes variados, 02 (dois) saquinhos plásticos contendo tinta azul, 03 (três) adaptadores de cartão de memória desmontados e 06 (seis) carcaças de adaptadores de cartão de memória. A ocorrência aconteceu no domingo (07) e a Polícia Militar foi acionada conduzindo a mulher à delegacia, onde foi lavrado Boletim de Ocorrência, enquanto o sentenciado responderá a Procedimento Disciplinar para apurar o fato.
Outros estabelecimentos prisionais subordinados a Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste) também registraram tentativas frustradas de inserção de objetos ilícitos nos presídios, e que foram barradas durante os procedimentos de revista. Vale lembrar que os visitantes flagrados são excluídos do rol de visitas e levados à Delegacia de Polícia Civil mais próxima, sem prejuízo de responderem na esfera criminal. Também é instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os materiais podendo, ainda, ser instaurados Procedimentos de Apuração Preliminar para apurar supostas responsabilidades funcionais.

Sábado (06 de janeiro)

Penitenciária “Paulo Guimarães” de Lavínia (PIII)

Ao inspecionar os pertences trazidos por uma visitante no fim de semana, a fim de permitir o acesso da mesma ao presídio, agentes penitenciários encontraram 01 (uma) placa de aparelho celular escondido na costura da alça da sacola. A Polícia Militar foi acionada e conduziu a mulher à delegacia para providências, sendo ela também suspensa do rol de visitas, e o sentenciado encaminhado para o Pavilhão Disciplinar para apuração dos fatos. No dia seguinte, outra visitante foi surpreendida pelo scanner corporal tentando entrar na unidade com 01 (um) celular oculto na genitália, contra a qual foram tomadas as mesmas providências do dia anterior.

Penitenciária de Lucélia

Durante os procedimentos de revista por meio do aparelho scanner corporal, a visitante do sentenciado R.C.C foi flagrada tentando introduzir na unidade um invólucro contendo 1 (um) aparelho micro celular, oculto em sua genitália. A mulher foi encaminhada a delegacia de polícia local e o sentenciado ao Pavilhão Disciplinar para apuração dos fatos. No mesmo dia, outra mulher também foi surpreendida, da mesma forma e nos mesmos moldes, portando 02 (duas) placas de telefone micro celular, 1(um) chip para celular e fios de estanho, recebendo o mesmo tratamento da outra. 

Penitenciária “João Batista de Santana” de Riolândia

Por volta das 10h50, durante revista nas mercadorias trazidas pela companheira de um sentenciado, foi encontrado 01 (um) celular dentro da sacola da mulher, a qual informou que o aparelho estava ali por esquecimento e não de propósito. Foram tomadas as providências de praxe e a mulher suspensa do rol de visitas. 

Penitenciária de Pacaembu

Tops femininos foram usados para tentar burlar a segurança da unidade prisional, por três visitantes, as quais foram descobertas pela imagem do scanner corporal. Escondidos nos tops estavam 04 (quatro) celulares, 02 (dois) chips, 02 (dois) carregadores e 01 (uma) moeda de R$ 0,05. Além delas, outras quatro mulheres também foram flagradas da mesma maneira, mas trazendo na genitália um total de 03 (dois) celulares, 01 (um) chip, 03 (duas) baterias, 01 porção de maconha e 01 (um) fone de ouvido. Nas sete situações, a Polícia Militar foi acionada e as mulheres levadas à delegacia para a formalização do Boletim de Ocorrência (BO), além de serem suspensas do rol de visitas. Foram instaurados Procedimentos Disciplinares a fim de apurar eventual cumplicidade por parte dos sentenciados que seriam visitados, os quais agora estão isolados preventivamente em Pavilhão Disciplinar para apuração dos fatos. No caso do entorpecente, a visita foi presa em flagrante. 

Domingo (07 de janeiro)

Penitenciária “Vereador Frederico Geometti” de Lavínia (PI)

Um chip de celular foi encontrado por servidores no bolso lateral de uma sacola de alimentos trazida pela companheira de um sentenciado. Por este motivo, a mulher foi suspensa do rol de visitas e o preso isolado preventivamente em pavilhão disciplinar, onde responderá a Procedimento Disciplinar para apurar os fatos. 

CDP de São José do Rio Preto

Uma simples vasilha de arroz, mas que escondia porções de maconha em meio ao alimento, foi barrada por servidores durante revista nos pertences trazidos por uma visitante para o companheiro que aguarda julgamento no local. A Polícia Militar foi acionada e conduziu a mulher com o entorpecente à delegacia para providências cabíveis, além da exclusão do rol de visitas da unidade prisional. O detento também responderá a Procedimento Disciplinar.

Penitenciária “Lindolfo Terçariol Filho” de Mirandópolis (PII)

Ao passar pelos procedimentos de revista, uma mulher foi flagrada com 220 gramas de maconha introduzidas na genitália e que seriam entregues ao companheiro que cumpre pena no local. A visita foi encaminhada à delegacia pela polícia militar e o sentenciado ao Pavilhão Disciplinar.

Penitenciária de Pracinha

Pelo aparelho body scanner, servidores da penitenciária notaram um objeto cilíndrico na região da cintura de uma visitante. Em um primeiro momento, a mulher negou que trouxesse algo ilícito, mas depois acabou confessando que portava na genitália um invólucro com cocaína. Autoridades policiais foram acionadas e a mulher presa em flagrante, enquanto o sentenciado envolvido foi isolado preventivamente para também ser ouvido em inquérito policial. 

Penitenciária de Junqueirópolis

Ao passar pelo aparelho body scanner no setor de portaria da unidade, duas visitantes foram impedidas de entrar na unidade. Isso porque, servidores observaram a imagem de um objeto na genitália de uma e na perna de outra. A primeira trazia uma porção de maconha. A segunda estava com 02 (dois) micros invólucros na barra da calça e que continham 04 (quatro) chips de celular. As providências administrativas foram tomadas, as mulheres suspensas do rol de visitas e encaminhadas à delegacia e os sentenciados envolvidos encaminhados ao Pavilhão Disciplinar para apuração dos fatos. 

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também