• quinta-feira, 18 de janeiro de 2018
  • 19:19 Icone do tempo--ºC / --ºC

Polícia

12/1/2018 às 16h36

Fiscalização constata adulteração de placa de carro e prende vendedor em flagrante

Homem de 63 anos, morador de Presidente Prudente, foi abordado pela Polícia Militar Rodoviária na SP-284, em Rancharia.

Placa do carro apreendido em Rancharia estava adulterada  (Foto: Cedida/Polícia Militar Rodoviária) Placa do carro apreendido em Rancharia estava adulterada (Foto: Cedida/Polícia Militar Rodoviária)

A Polícia Militar Rodoviária prendeu em flagrante por adulteração de sinal identificador de veículo um vendedor de 63 anos, morador de Presidente Prudente, durante abordagem da fiscalização ao carro que ele conduzia, no km 522 da Rodovia Homero Severo Lins (SP-284), em Rancharia, nesta quinta-feira (11).

Segundo a corporação, o Fiat Palio transitava no sentido João Ramalho–Martinópolis com uma placa que não conferia com a identificação existente na documentação do veículo.

Foi constato, conforme a polícia, que o condutor havia adulterado o primeiro número da placa, transformando o “0” em “8”. Uma consulta realizada pelos militares detectou que a placa existente no veículo pertencia a um GM Corsa do município de Tatuí (SP).

O motorista recebeu voz de prisão em flagrante, por adulteração de sinal identificador de veículo, e a ocorrência foi apresentada na Delegacia da Polícia Civil, em Rancharia, onde o carro ficou apreendido.

O indiciado permaneceu na delegacia, no aguardo da audiência de custódia na Justiça, para posterior encaminhamento a um presídio.

 
Placa do carro apreendido em Rancharia estava adulterada (Foto: Cedida/Polícia Militar Rodoviária)

Placa do carro apreendido em Rancharia estava adulterada (Foto: Cedida/Polícia Militar Rodoviária)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também