• sexta-feira, 21 de setembro de 2018
  • 01:35 Icone do tempo--ºC / --ºC

Habitação

22/1/2018 às 06h30

Novos loteamentos instalados em Dracena devem se atentar a necessidade ou não de novo poço

A Prefeitura informa que na esfera do Poder Público não haveria condições financeiras para realizar a perfuração de novos poços de água por conta própria

Loteamento Pintangueiras na saída para Jaciporã e já se enquadra nas novas condições da legislação municipal para ser instalar em Dracena (Foto: Lucas Mello/JR) Loteamento Pintangueiras na saída para Jaciporã e já se enquadra nas novas condições da legislação municipal para ser instalar em Dracena (Foto: Lucas Mello/JR)

Com o passar dos anos, diante do crescimento de Dracena, e de inúmeros investimentos em loteamentos, houve a necessidade da exigência da perfuração denovos poços de água para o abastecimento.

Em alguns pontos da cidade, como no bairro Emílio Zanatta, moradores já se queixaram da falta de água.

Além das Leis Complementares nº 338 de 24 de novembro de 2010 e nº 291/2008, no ano passado, foi instituída pelo Legislativo a resolução n.º 003/17 -de 16 de maio de 2017 constituindo comissão especial com a finalidade de fiscalizar, acompanhando todos os procedimentos relacionados à infraestrutura necessária aos loteamentos, entre elas, o abastecimento de água.

A Prefeitura informa que na esfera do Poder Público não haveria condições financeiras para realizar a perfuração de novos poços de água por conta própria. Atualmente existemno município 12 loteamentos em obra de implantação e 15 loteamentos a serem implantados.

Com mais rigor por parte do Poder Público,agora o empreendedor solicita a Emdaep uma certidão de viabilidade para implantação do novo loteamento. A Empresa de Desenvolvimento Água, Esgotoe Pavimentação realiza uma análise da necessidade ou não de um novo poço para abastecimento visando servir as futuras moradias.

Essa questão do poço de água está na atribuição da Emdaepdentro de sua carta de diretrizes para loteamento, informa a Prefeitura.

 

O FUTURO

Pontos críticos caminham para solução, informa a Emdaep

 

A implantação de um novo poço no Jardim das Palmeiras IV, com previsão de começar a funcionar em até cinco meses, resolverá, segundo a Empresa de Desenvolvimento de Água, Esgoto e Pavimentação (Emdaep), o problema de abastecimento de água de 11 bairros no setor leste da cidade.

Além desse poço, de acordo com o diretor administrativo da Emdaep, Edson dos Santos Correia, está prestes a começar a funcionar um segundo, no loteamento Pitangueiras, localizado ao lado do loteamento Frei Moacir, que irá suprir o abastecimento também nos bairros Frei Moacir I e II, Vitória Régia, parte do São Carlos e Sol Nascente I e II.

“Para esse poço (profundo) funcionar, só falta a ligação elétrica, irá captar 80 m3 de água por hora e com isso vai aliviar o poço do Emílio Zanatta”, informa o diretor, referindo-se ao ponto crítico de abastecimento neste bairro, pela necessidade de atender os citados acima que irão receber água do Pitangueiras.

“O poço do Emílio Zanatta passará a dar suporte também para o Jardim Alvorada e Vila Barros”, completa Correia.

O prazo previsto para o poço do Pitangueiras começar a funcionar é no próximo mês, fevereiro.

 

NOVOSEMPREENDIMENTOS

Odiretor da Emdaep informa ainda que no loteamento Hosume mais um poço está programado para começar a ser perfurado em curto prazo.

“Da mesma forma que no Pitangueiras, o poço do loteamento Hosume irá atender outros bairros no entorno, o Jardim dos Pássaros, Portal dos Girassóis, Jardim Vilage e Jardim Brasilândia”, acrescenta o diretor.

Já o poço do loteamento Jardim Palmeiras IV, conforme Correia terá capacidade para captar 100 m3 de água por hora e irá atender os seguintes bairros, Jardim das Palmeiras I, II, III e IV, Frei Moacir III, Campo Belo I, II e III, Jardim América, Jardim Europa e São Cristóvão.

RESERVATÓRIOS-O diretor da Emdaep esclarece que o próximo passo é conseguir recursos financeiros junto aos governos estadual e federal para a construção de novos reservatórios de água na cidade.

NOVAS REGRAS-Correia explica também que o abastecimento de água na cidade está a caminho de uma solução devido a uma lei municipal em vigor, que torna obrigatório que todos os loteamentos devem ter poços e reservatórios próprios.

 

 

Outras Imagens:

  •  (Foto: Lucas Mello/JR)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também