• terça-feira, 19 de junho de 2018
  • 20:36 Icone do tempo--ºC / --ºC

Governo

31/1/2018 às 17h20

Governo assina contratos de blocos do pré-sal licitados em outubro de 2017

No leilão, o governo ofereceu oito áreas para serem exploradas sob o regime de partilha, mas apenas seis tiveram ofertas. União receberá R$ 6,15 bilhões em outorgas.

O governo assinou nesta quarta-feira (31) os contratos das seis áreas de exploração do pré-sal leiloadas em outubro do ano passado. Dessas oito áreas, três terão a Petrobras como sócia. Os blocos estão localizados nas bacias de Santos e de Campos.

O leilão de outubro foi o primeiro em que a Petrobras não tinha mais a obrigação de ser operadoras em todas as áreas licitadas.

A previsão do governo é que os consórcios vencedores devem investir cerca de R$ 100 bilhões no Brasil a partir de agora.

O leilão foi feito sob o regime de partilha, em que vende a disputa quem ofertar a maior fatia de petróleo ou gás excedente para a União. Além da produção ofertada para a União, as empresas terão que pagar um bônus de outorga. Pelos blocos vendidos, a União receberá R$ 6,15 bilhões.

 

Ofertas ousadas

 

O leilão de outubro foi marcado por grandes ofertas de óleo excedente. Os valores mínimos previstos no edital variavam de 10,34% a 22,87%. Os três consórcios que tinham a Petrobras como sócia fizeram ofertas que variaram de 75,8% a 80%.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também