• sexta-feira, 19 de outubro de 2018
  • 12:20 Icone do tempo--ºC / --ºC

Entretenimento

1/2/2018 às 15h15

Grupo Globo surpreende e adquire direitos sobre Chaves e Chapolin

Globosat acaba de comprar os direitos de exibição das séries em parceria firmada com a Televisa e o Grupo Chespirito

Chaves, interpretado por Roberto Gómez Bolaños (Foto: Divulgação) Chaves, interpretado por Roberto Gómez Bolaños (Foto: Divulgação)

NACIONAL - Se o SBT tem alguns nomes icônicos que são indissociáveis do canal, um deles é Chaves. Na casa desde os anos 80, as aventuras da “Turma da Vila” e Chapolin fizeram parte de gerações pelo Brasil que guardam com carinho até hoje as aventuras de personagens como Chiquinha, Seu Barriga, Seu Madruga, Quico e muitos outros.

Tido como um dos conteúdos com público mais fiel, era impossível pensar o programa fora da TV de Sílvio Santos e na mão de uma de seus principais concorrentes, porém tudo isso irá mudar, pois a Globosat acaba de comprar os direitos de exibição das séries em parceria firmada com a Televisa e o Grupo Chespirito.

O contrato

Para anunciar a novidade, o grupo de comunicação brasileiro reuniu fãs da franquia em sua sede, no Rio de Janeiro. Na ocasião, foram servidos churros, lanche de presunto e tamarindo  para divulgar que as histórias da “Turma da Vila” começarão a ser exibidas ainda este ano no Multishow.

Ao todo, o grupo comprou 117 episódios de Chaves e 127 de Chapolin. Boquiabertos com a negociação, os fãs especulam que possam ser veiculadas histórias nunca antes apresentadas no país.

Para quem ficou surpreso com a mudança, não é a primeira vez que isso acontece na TV paga. Em 2010 o programa foi exibido pela TLN, canal da Televisa, e em 2014 a Turner transmitiu as aventuras da Boomerang e TBS.

SBT ainda transmitirá o programa?

Se você está com medo de não ver mais a série no canal aberta… Não se preocupe, a negociação não dá exclusividade à Globosat e o conteúdo continuará alegrar novas gerações na SBT.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também