• segunda-feira, 21 de maio de 2018
  • 12:00 Icone do tempo--ºC / --ºC

cidade

8/2/2018 às 06h15

Quatorze mil preservativos estão disponíveis nas unidades de saúde de Dracena

A farmacêutica responsável do Posto de Saúde ‘Dr. Takashi Enokibara’, Janaina Pinotti, informa que por dia é retirada uma média de 600 preservativos; já no período carnavalesco, o número sobe para mil unidades

Preservativos podem ser retirados de forma gratuita nas unidades de saúde    (Foto: Lucas Mello/JR) Preservativos podem ser retirados de forma gratuita nas unidades de saúde (Foto: Lucas Mello/JR)

O Ministério da Saúde lançou na terça-feira, 6, em Salvador, a Campanha de Prevenção do Carnaval 2018 com o tema “Prevenir é Viver o Carnaval #VamosCombinar”, que visa fortalecer às diversas formas de prevenção às infecções sexualmente transmissíveis como o HIV/Aids junto ao público jovem.

Durante o lançamento da campanha, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou o envio a todas as unidades da Federação mais de 100 milhões de preservativos.

Ao todo, em fevereiro, o Ministério da Saúde está distribuindo 106 milhões de preservativos masculinos, 200 mil femininos e 3,8 milhões de unidades de gel lubrificante para todo o Brasil.

Em Dracena, de acordo com a farmacêutica responsável do Posto de Saúde ‘Dr. Takashi Enokibara’, Janaina Pinotti, 14 mil preservativos (masculino e feminino) estão disponíveis para distribuição nas unidades de saúde da cidade e distritos de Jamaica e Jaciporã. Qualquer pessoa pode retirar as camisinhas de forma gratuita ao longo do ano, informou Janaina.

Ainda conforme a farmacêutica, a maior concentração de unidades está no Postão. “Todos os anos no período do carnaval em que muitas pessoas vão festejar são registrados um aumento de 50% na retirada de preservativos”.

De acordo com Janaina, por dia é retirada um média de 600 unidades e no período do carnaval o número sobe para 1.000 unidades.

“Prevenir é sempre a melhor saída”, ressalta Janaina Pinotti, sobre o combate as doenças sexualmente transmissíveis.

 

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também