• quarta-feira, 15 de agosto de 2018
  • 19:18 Icone do tempo--ºC / --ºC

Esporte / Atletismo

9/2/2018 às 14h55

Dupla de 96 e 93 anos disputa prova de atletismo e emociona nos Jogos do Idoso

Nos 600m rasos, "Marias" dão belo exemplo de companheirismo e contagiam amigos, familiares e esportistas; "Ela está parecendo uma criança, de tão feliz", diz uma das filhas

Dona Maria Cavallini e dona Cida Tom (da esq. p/ a dir.) ficaram em 2º e 1º lugares, respectivamente (Foto: Wilma Tom / Cedida) Dona Maria Cavallini e dona Cida Tom (da esq. p/ a dir.) ficaram em 2º e 1º lugares, respectivamente (Foto: Wilma Tom / Cedida)

Os Jogos Regionais do Idoso (Jori) proporcionam momentos de grande superação e exemplo de qualidade de vida, e mais uma dessas histórias foi escrita na 22ª edição do evento, que começou na última quarta-feira (7) e vai até domingo (11). Uma senhora de 96 anos e outra de 93 disputaram juntas uma prova de atletismo e emocionaram a todos que acompanharam os minutos que elas estiveram em ação, em Adamantina – interior paulista.

Maria Aparecida de Camargo Tom, de Presidente Bernardes, completou 96 anos no dia 15 de janeiro. Maria Cazotti Cavallini, de Dracena, chegou aos 93 no dia 6 deste mês. Elas foram as únicas na disputa dos 600m rasos na categoria G. E mais do que a colocação final, a prova ficou marcada pelo companheirismo.

Dona Cida Tom frequenta as aulas de ginástica duas vezes na semana e está acostumada a disputar os Jogos Regionais do Idoso. Ela soma 35 medalhas, segundo a filha, Wilma Tom, e, com isso, teve mais facilidade para completar a prova. Já dona Maria Cavallini participou dos Jori pela primeira vez e encontrou bastante dificuldade para chegar ao fim, mas contou com o incentivo até da adversária e fez bonito.

 
Dupla deu belo exemplo de companheirismo (Foto: Wilma Tom / Cedida)

Dupla deu belo exemplo de companheirismo (Foto: Wilma Tom / Cedida)

– Foi bastante emocionante. Elas caminharam juntas no começo e depois minha mãe apertou o passo, mas incentivou a outra competidora a não desanimar. Todo mundo que estava assistindo aplaudiu, incentivou (a adversária), até eu, para ela não parar, e deu certo. Todos ficaram bem felizes – disse Wilma, de 60 anos, que acompanhou a prova de perto.

Quem também assistiu à disputa, com um misto de felicidade e preocupação, foi a responsável pela delegação de Dracena, Ana Lúcia Costa.

– Foi lindo! Fiquei muito feliz, você não tem ideia. Sou amiga da filha dela e perguntei se a dona Maria poderia participar com a gente (dos Jori). Ela topou, mas só se eu cuidasse muito bem dela. Quando terminou a prova, fiquei preocupada, pois estava bastante calor, e ela tem pressão alta. Mas aí fui abraçá-la, e ela me perguntou: "É só isso?".

 

Alegria contagiante

 

Já de volta às respectivas cidades, a dupla tem espalhado alegria pelas medalhas conquistadas. Com quatro filhos, dona Cida Tom faz sucesso em Bernardes, onde é bastante conhecida.

– Estou muito feliz, todo mundo está me cumprimentando na cidade – falou a idosa de 96 anos.

 
Dona Cida Tom garantiu mais duas medalhas para a coleção (Foto: Wilma Tom / Cedida)Dona Cida Tom garantiu mais duas medalhas para a coleção (Foto: Wilma Tom / Cedida)

Dona Cida Tom garantiu mais duas medalhas para a coleção (Foto: Wilma Tom / Cedida)

Logo depois que o ouro foi garantido, na última quinta-feira (8), com o tempo de 9m35s16, a notícia se espalhou pela delegação de Bernardes, e a felicidade foi multiplicada, como conta o responsável pelos bernardenses em Adamantina, Sérgio Previato Junior.

– Eu estava no vôlei adaptado e recebi a ligação no intervalo. Passei a notícia para os jogadores, e todos bateram palmas, se alegraram. Todos conhecem ela, é uma senhora linda, que transmite muito amor e carinho. Temos muito carinho por ela. É um orgulho muito grande para todos da cidade e dos Jori.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também