• domingo, 21 de outubro de 2018
  • 13:33 Icone do tempo--ºC / --ºC

Furto

26/3/2018 às 11h14

Globocop flagra guerra de criminosos na Praça Seca, na Zona Oeste do Rio

Imagens mostram tiroteio e fuga de bandidos, que param o trânsito de uma das principais ruas do bairro. Alguns deles andam calmamente carregando fuzis.

A violenta guerra entre traficantes e milicianos na Praça Seca, na Zona Oeste do Rio, voltou a aterrorizar moradores na manhã desta segunda-feira (26) e até fechou o BRT Transcarioca. O Globocop flagrou a movimentação de bandidos durante o 'Bom Dia Rio'. As imagens mostram criminosos trocando tiros e bloqueando a via. O corredor liga a Barra da Tijuca e o Aeroporto Internacional Tom Jobim, cruzando a Zona Norte. O Centro de Operações recomenda evitar a região.

O Globocop primeiro mostrou homens procurando se proteger atrás de um muro e atirando na direção contrária. Na sequência, o bando entra em diversos carros e foge. Os criminosos chegaram a parar o trânsito na Rua Cândido Benício, bem em frente à estação do BRT. Alguns correm, mas outro grupo atravessa calmamente carregando armas de grosso calibre, inclusive fuzis. Poucos minutos depois, o Globocop encontrou um dos carros abandonado.

 
Homens fortemente armados em comunidade na Praça Seca (Foto: Reprodução / TV Globo)

Homens fortemente armados em comunidade na Praça Seca (Foto: Reprodução / TV Globo)

Homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) estavam a caminho da comunidade por volta das 7h20. A Polícia Militar admite ter conhecimento da disputa entre grupos rivais na região.

 

Entenda o conflito

 

As favelas da Chacrinha e Bateau Mouche ficam uma em frente à outra, cortadas pela praça que dá nome ao bairro e pela Rua Cândido Benício, por onde passa o BRT. O ataque desta segunda-feira partiu da Chacrinha, contra a Bateau Mouche.

"Há vários meses estamos lidando com essa questão na Praça Seca. Criminosos estão se digladiando: traficantes e milicianos. E essa disputa é bem complexa, pois temos duas comunidades muito grandes. Hoje estamos tendo ali mais uma disputa entre esses marginais. A demanda é grande. Temos o 18° batalhão na comunidade, já estabilizando o local, e uma equipe do Bope seguindo para a comunidade", disse o major Ivan Blaz, porta-voz da Polícia Militar.

 
Homens fortemente armados atravessam Rua Cândido Benício (Foto: Reprodução / TV Globo)

Homens fortemente armados atravessam Rua Cândido Benício (Foto: Reprodução / TV Globo)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também