• quarta-feira, 17 de outubro de 2018
  • 12:59 Icone do tempo--ºC / --ºC

Turismo

11/4/2018 às 09h34

Panorama é classificada pela Assembleia Legislativa do Estado como Município de Interesse Turístico

O município de Panorama é banhado pelo rio Paraná e conta com o balneário municipal Frederico Platzeck (Foto: arquivo/Portal Regional) O município de Panorama é banhado pelo rio Paraná e conta com o balneário municipal Frederico Platzeck (Foto: arquivo/Portal Regional)

O município de Panorama foi classificado pela Assembleia Legislativa Paulista na noite de terça-feira, 10. O projeto de lei discutido e votado classifica 46 cidades como Municípios de Interesse Turístico (MITs). A proposta é de autoria dos 94 deputados estaduais.

A assessoria de comunicação da Prefeitura de Panorama informou que a notícia foi comemorada pelos dirigentes municipais. “Proporcionará o fortalecimento da economia, a geração de emprego e renda para as famílias panoramenses, estas são as principais metas da Prefeitura após esta conquista”, informa a assessoria.

"A maior alegria é ver a justiça sendo feita com o nosso município, que tem imenso potencial turístico e, com os recursos que a cidade passará a receber por estar enquadrada nesta nova situação, poderá expandir muito mais, fomentando o turismo local e regional", adiantou o prefeito Giulio Pires.

NA ALESP

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta terça-feira (10/04), projeto de lei que classifica 46 cidades como Municípios de Interesse Turístico (MITs). A proposta é de autoria dos 94 deputados estaduais. 

Os MITs recebem recursos anuais do governo do Estado para investimentos na infraestrutura turística. A utilização da verba deve fomentar a ampliação e o fortalecimento das atividades econômicas da região. 

"Os MITS são de fundamental importância para geração de emprego e renda das cidades. E é importante observar que mais para frente eles poderão pleitear o título de estância turística e receber uma verba ainda maior para investir no fortalecimento dessa área", destacou o deputado Carlos Cezar (PSB), líder do governo na Alesp. 

Segundo a deputada Márcia Lia (PT), a proposta vai auxiliar, principalmente, os pequenos municípios. "Os MITs são importantes porque as cidades estão precisando de recursos financeiros para muitas atividades, e este é um recurso extra, um incentivo a mais para melhorar a renda, sobretudo, dos municípios menores", afirmou. 

A presidente da Associação dos Municípios de Interesse Turístico do Estado de São Paulo (Amitesp), Daniela de Cássia Santos Brito, afirma que a medida vai fortalecer as cidades de pequeno porte e com poucos recursos financeiros. "A verba vai fazer com que esses municípios fiquem mais atrativos para receber o turista. E estando mais atrativa, a cidade vai gerar renda, emprego e desenvolvimento", diz. 

As 46 cidades paulistas que deverão receber o título são: Apiaí, Barbosa, Bofete, Boituva, Cachoeira Paulista, Cesário Lange, Cubatão, Estiva Gerbi, Fernandópolis, Igaratá, Itapira, Itatiba, Itapura, Itararé, Itaoca, Ituverava, Iporanga, Itápolis, Jacareí, Jacupiranga, Jales, Laranjal Paulista, Mendonça, Miguelópolis, Miracatu, Mineiros de Tietê, Monteiro Lobato, Orlândia, Ouroeste, Panorama, Paraibuna, Pardinho, Patrocínio Paulista, Paulo de Faria, Pedrinhas Paulista, Piracaia, Piratininga, Queluz, Ribeirão Grande, São José do Rio Pardo, São Miguel Arcanjo, Sete Barras, Sertãozinho, Sud Menucci, Torrinha e Ubarana. 

MITs 

Para que seja considerado de Interesse Turístico, a cidade deve ter atrativos turísticos, serviço médico emergencial, de hospedagem, de alimentação, informações turísticas e abastecimento de água potável e esgoto. 

A classificação garante a cada cidade o recebimento de cerca de 600 mil reais por ano. 

A proposta é que além das 70 estâncias já existentes no estado, declare-se outros 140 municípios como de interesse turístico. 

Cinquenta e uma cidades já haviam sido classificadas como MITs no ano passado: Agudos, Altinópolis, Araras, Araraquara, Areias, Barretos, Brodowski, Buritama, Cabreúva, Campina do Monte Alegre, Cardoso, Cruzeiro, Espírito Santo do Pinhal, Guararema, Iacanga, Itapuí, Itupeva, Jaú, Jundiaí, Lençóis Paulista, Limeira, Lins, Martinópolis, Mairiporã, Mira Estrela, Mogi das Cruzes, Monte Alto, Nazaré Paulista, Novo Horizonte, Pedreira, Piedade, Rancharia, Registro, Rifaina, Riolândia, Rosana, Rubineia, Sabino, Sales, Santa Isabel, Santo Antonio da Alegria, Santa Branca, Santa Cruz do Rio Pardo, Santo Expedito, São Simão, Tapiraí, Tatuí, Tabatinga, Tambaú, Uchôa, Votuporanga. (Com informações da Assembleia Legislativa)

Outras Imagens:

  •  (Foto: Divulgação)
  •  (Foto: )
  •  (Foto: )
  •  (Foto: )
  •  (Foto: )
  •  (Foto: )
  •  (Foto: )
  •  (Foto: )
  •  (Foto: )
  •  (Foto: )
  •  (Foto: )
  •  (Foto: )
  •  (Foto: )
  •  (Foto: )
  •  (Foto: )
  •  (Foto: )

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também