• domingo, 21 de outubro de 2018
  • 20:56 Icone do tempo--ºC / --ºC

Veículos

13/4/2018 às 07h14

Detran.SP alerta para calendário obrigatório de licenciamento veicular neste mês

A partir de agora, cada mês um final de placa deve ser licenciado; Documento custa R$ 87,38 e por mais R$ 11 pode ser entregue em casa

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) alerta que neste mês de abril tem início o calendário obrigatório de licenciamento 2018 para os veículos registrados no Estado. A partir de agora, a cada mês um final de placa deve ser licenciado para circular. Em abril, são os donos dos automóveis com placa terminada em 1 que devem regularizar a documentação até o dia 30/4.

O valor do licenciamento neste ano é de R$ 87,38, independentemente do tipo de veículo. Quem quiser receber o documento em casa tem de pagar R$ 11 a mais. O motorista que já fez o licenciamento de 2018 antecipadamente, ao quitar o IPVA entre os meses de janeiro e março, não precisará licenciar de novo.

Atualmente, existem mais de 29 milhões de veículos registrados no Estado de São Paulo. Para rodar, todos precisam estar com o licenciamento em dia, não importa em qual ano foi fabricado. O cronograma vai até dezembro, conforme tabela:

Calendário obrigatório de licenciamento 2018

Todos os veículos, exceto caminhões

Final de placa

Mês obrigatório

1

Abril

2

Maio

3

Junho

4

Julho

5 e 6

Agosto

7

Setembro

8

Outubro

9

Novembro

0

Dezembro

Veículos registrados como caminhão

1 e 2

Setembro

3, 4 e 5

Outubro

6, 7 e 8

Novembro

9 e 0

Dezembro

Conduzir veículo que não esteja devidamente licenciado é infração gravíssima, prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), e gera multa de R$ 293,47, sete pontos na habilitação do proprietário e remoção do bem ao pátio.

Pagar o licenciamento em atraso gera a cobrança de multa e juros de mora. Caso não seja feito, o dono do veículo pode ter o nome inscrito no Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados (Cadin) e na dívida ativa do Estado pelo débito em aberto.

Como licenciar – Não é necessário ir às unidades do Detran.SP ou imprimir boleto para pagar o licenciamento, que custa R$ 87,38 para todo tipo de veículo. Basta informar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) ao caixa bancário ou selecionar essa opção nos terminais eletrônicos das agências ou no internet banking. É preciso quitar possíveis débitos de IPVA, seguro obrigatório e multas, por exemplo.

Para receber o documento em casa, é só pagar mais R$ 11 do custo de envio pelos Correios. O motorista pode acompanhar a entrega do documento pelo portal www.detran.sp.gov.br, em “Serviços Online”. O licenciamento também pode ser feito presencialmente nas unidades do Detran.SP ou nos postos Poupatempo.

O passo a passo pode ser consultado no portal do departamento, na área “Veículos”. O portal do Detran.SP também traz uma série de respostas para dúvidas frequentes relacionadas ao licenciamento. A consulta pode ser feita nesse link: https://bit.ly/2uHcC7H.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também