• quinta-feira, 21 de junho de 2018
  • 03:27 Icone do tempo--ºC / --ºC

Penitenciária

3/5/2018 às 15h21

Maconha sintética, LSD, cocaína, celulares e componentes são barrados em presídios

Objetos interceptados por agentes na penitenciária de Pacaembu (Foto: Assesoria ) Objetos interceptados por agentes na penitenciária de Pacaembu (Foto: Assesoria )

No último final de semana (28 e 29 de abril), estabelecimentos prisionais subordinados a Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste) registraram tentativas frustradas de inserção de objetos ilícitos nos presídios e que foram barrados durante os procedimentos de revista. Vale lembrar que os visitantes flagrados são suspensos do rol de visitas e levados à Delegacia de Polícia Civil mais próxima, sem prejuízo de responderem na esfera criminal. Também é instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os materiais podendo, ainda, ser instaurados Procedimentos de Apuração Preliminar para apurar supostas responsabilidades funcionais. Seguem informações de cada unidade prisional:

Penitenciária “Ozias Lúcio dos Santos” de Pacaembu

A visitante R.P.M, companheira de um sentenciado da unidade, foi surpreendida pelo aparelho Boddy Scanner, que detectou um invólucro em sua genitália.  Após apresentar o objeto, funcionários encontraram dentro dele 01 (um) celular e 07 (sete) fones de ouvido. A polícia militar foi acionada e encaminhou a mulher para formalização do Boletim de Ocorrência, a qual também foi suspensa do rol de visitas. Foi instaurado Procedimento Disciplinar a fim de apurar eventual cumplicidade por parte do sentenciado que seria visitado, o qual se encontra isolado preventivamente em Pavilhão Disciplinar.

Domingo (29 de abril)

Penitenciária de Irapuru

No momento da revista com o scanner corporal, foram constatadas anormalidades nas imagens geradas durante a passagem de duas visitantes pelo aparelho. A primeira confessou que trazia 01 (um) celular no órgão genital e a segunda, que trazia maconha oculta na costura da calça, na parte da cintura. Ambas foram encaminhas à autoridade policial e suspensas do rol de visitas.

Centro de Progressão Penitenciária de Pacaembu

Durante revista na alimentação trazida por visitantes de sentenciados com o uso de aparelho Raio-X, servidores obtiveram êxito na apreensão de 02 (duas) placas de telefone celular, 03 (três) chips e 02 (dois) fones que estavam desmontados na alça inferior da bolsa de uma mulher. Imediatamente, a Polícia Militar foi acionada e encaminhou a apreensão e a visitante até a Delegacia de Polícia para elaboração de Boletim de Ocorrência. O sentenciado foi isolado em cela de inclusão, em razão da instauração de Procedimento Disciplinar Apuratório.

Penitenciária de Junqueirópolis

Ao passar pelo aparelho Boddy Scanner durante procedimento de revista, uma mulher foi flagrada por agentes penitenciários tentando entrar na unidade com 01 (uma) porção esverdeada análoga à maconha escondida na costura do top que usava. Além disso, ela trazia 02 (duas) porções de substância análoga à cocaína coladas em sua perna. No dia seguinte, outra visita tentou esconder 07 (sete) pedaços de substância tóxica, aparentemente maconha sintética conhecida como K4, dentro da calça, na altura da cintura. Ambas foram encaminhadas ao plantão policial para as providências de praxe e suspensas do rol de visitas. Os sentenciados envolvidos, por sua vez, removidos para o Pavilhão Disciplinar onde aguardarão a apuração dos fatos.

Outras Imagens:

  •  (Foto: Assessoria)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também