• sábado, 18 de agosto de 2018
  • 05:49 Icone do tempo--ºC / --ºC

Penitenciária

10/5/2018 às 05h22

Visitantes tentam entrar com chocolate com chips, placa de celular em chinelo, maconhas em cigarros

Objetos apreendidos no último final de semana  (Foto: Divulgação) Objetos apreendidos no último final de semana (Foto: Divulgação)

No último final de semana (5 e 6), estabelecimentos prisionais subordinados a Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste) registraram tentativas frustradas de inserção de objetos ilícitos nos presídios e que foram barrados durante os procedimentos de revista. Vale lembrar que os visitantes flagrados são suspensos do rol de visitas e levados à Delegacia de Polícia Civil mais próxima, sem prejuízo de responderem na esfera criminal. Também é instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os materiais podendo, ainda, ser instaurados Procedimentos de Apuração Preliminar para apurar supostas responsabilidades funcionais. Seguem informações de cada unidade prisional:

PENITENCIÁRIA “ASP PAULO GUIMARÃES” DE LAVÍNIA (PIII)

Três mulheres foram impedidas de entrar na unidade prisional neste final de semana, após serem flagradas com ilícitos inseridos no órgão genital, descobertos durante realização do procedimento de revista com o aparelho Boddy Scanner. Duas delas traziam cada qual 01 (um) celular dentro de um invólucro confeccionado com papel carbono, fita de alta fusão, grafite em pó e papel filme. A terceira visita trazia uma porção de maconha escondida na genitália. Essa última recusou-se a retirar o objeto e entregá-lo. Sendo assim, foi encaminhada à delegacia e, posteriormente, ao Hospital Estadual de Mirandópolis, onde o médico plantonista recusou-se a examiná-la, por se tratar de uma gestante. Diante disso, foi levada ao Instituto Médico Legal de Andradina, onde retirou o invólucro com 110 gramas do entorpecente. Finalmente, as três mulheres foram conduzidas à delegacia para os procedimentos de praxe e suspensas do rol de visitas. Os sentenciados, por sua vez, isolados preventivamente em cela disciplinar.

PENITENCIÁRIA DE VALPARAÍSO

Neste sábado (5), durante o procedimento de revista com Boddy Scanner, servidores detectaram nas imagens um objeto suspeito nas partes íntimas da visita de um sentenciado. Indagada, a mulher negou o fato, sendo então encaminhada à Santa Casa para passar por Raio-X, quando acabou confessando o ilícito, retirando de seu corpo um invólucro com cerca de 100 gramas de substância aparentando ser crack. Em seguida, foi conduzida à delegacia para as providências cabíveis e suspensa do rol de visitas.

PENITENCIÁRIA DE JUNQUEIRÓPOLIS

Neste domingo (6), ao tentar entrar no presídio para visitar o companheiro, uma mulher escondeu em meio aos alimentos (jumbo) 91 (noventa e um) chips de celular camuflados em quatro chocolates, descobertos durante a passagem pelo aparelho Raio-X. No mesmo dia, outra mulher tentou entrar com 01 (um) celular escondido nas partes íntimas. Diante do ocorrido, as visitantes em questão foram encaminhadas para o plantão policial para as providências de praxe e suspensas do rol de visitas. Os sentenciados envolvidos foram removidos para o Pavilhão Disciplinar onde aguardarão a apuração dos fatos.

PENITENCIÁRIA “SILVIO YOSHIHIKO HINOHARA” DE PRESIDENTE BERNARDES

Agentes penitenciários impediram a entrada de 02 (dois) celulares no presídio, escondidos na genitália de duas visitantes. Os flagrantes aconteceram com a ajuda do scanner corporal que identificou a presença de objetos estranhos nos corpos das mulheres, embalados com fita colante de cor preta, grafite e papel carbono. Uma delas, ao negar que trazia o ilícito, foi levada para passar por exame de Raio-X no hospital. Ambas foram então conduzidas à delegacia para lavratura do Boletim de Ocorrência e suspensas do rol de visitas. Os sentenciados responderão a Procedimentos Disciplinares para apuração dos fatos.

PENITENCIÁRIA “OSIAS LÚCIO DOS SANTOS” DE PACAEMBU

Duas embalagens de bolo preenchidas com maconha chegariam às mãos de um sentenciado da unidade por intermédio de sua companheira durante visita, se não fosse à intervenção de servidores. Outras duas mulheres também foram flagradas nos procedimentos de revista ao passar pelo aparelho Boddy Scanner estando uma delas com 01 (um) celular e a outra com 01 (um) invólucro envolto em fita isolante, contendo em seu interior uma substância esbranquiçada, supostamente “cocaína”. A Polícia Militar foi acionada e as visitantes conduzidas para a Delegacia de Polícia local após o flagrante, além de serem suspensas do rol de visitas. Foram instaurados Procedimentos Disciplinares a fim de apurar eventual cumplicidade dos sentenciados, os quais foram isolados preventivamente no pavilhão disciplinar.   

PENITENCIÁRIA “JOÃO BATISTA DE SANTANA” DE RIOLÂNDIA

Por volta das 08h30 deste domingo (6), a irmã e a companheira de um mesmo sentenciado foram flagradas pelo equipamento de revista mecânica, Boddy Scanner, que apontou contornos estranhos em seus corpos, visualizados nas imagens geradas pelo aparelho. Ao serem indagadas, confessaram que estavam vestidas com peças íntimas (cuecas) onde traziam maconha, escondida na costura do forro. Ambas foram suspensas do rol de visitas e levadas à delegacia para as providências pertinentes.

PENITENCIÁRIA “LUIZ APARECIDO FERNANDES” DE LAVÍNIA (PII)

Como de praxe, para entrar no presídio neste sábado (5), a visitante A.V.S.S passou os pertences pelo aparelho Raio-X, quando o equipamento sinalizou a presença de material metálico no chinelo. Diante do ocorrido, agentes verificaram o objeto manualmente onde encontraram na sola do calçado 01 (uma) placa de telefone móvel. Por este motivo, foi lavrado um Comunicado de Evento e a visitante, além de suspensa do rol de visitas, levada à autoridade policial para as providências da Polícia Judiciária. O sentenciado foi isolado preventivamente e responderá a Procedimento Disciplinar.

PENITENCIÁRIA DE ANDRADINA

A visitante R.S.G. tentou entrar no presídio para visitar o companheiro, neste sábado (5), vestida de peça íntima (calcinha) com fundo falso onde escondia substância esverdeada, supostamente maconha. A descoberta foi possível graças à precisão do aparelho de revista mecânica, Boddy Scanner. A Polícia Militar foi acionada e conduziu a mulher à delegacia, a qual também foi suspensa do rol de visitas. 

PENITENCIÁRIA “VEREADOR FREDERICO GEOMETTI” DE LAVÍNIA (PI)

Com o auxílio do equipamento de revista mecânica Boddy Scanner, agentes penitenciários impediram que quatro mulheres entrassem na unidade prisional com porções de maconha. Três delas ocultaram o entorpecente dentro de forros de tops de malha e a outra dentro das calças, na altura da cintura. As drogas estavam esfareladas para tentar dificultar a identificação. Todas visitariam companheiros que cumprem pena no local, os quais foram encaminhados ao Pavilhão Disciplinar para apuração dos fatos. Já suas companheiras foram suspensas do rol de visitas e levadas à delegacia para as providências cabíveis.

PENITENCIÁRIA “TACYAN MENEZES DE LUCENA” DE MARTINÓPOLIS

Neste final de semana, três mulheres foram parar na delegacia e suspensas do rol de visitas após tentar levar celulares para os companheiros presos no presídio. Os aparelhos estavam ocultos em suas genitálias e foram descobertos durante os procedimentos de revista. Já os sentenciados envolvidos responderão a Procedimento Disciplinar.  

PENITENCIÁRIA DE TUPI PAULISTA

Neste domingo, durante realização da revista de inspeção nos materiais trazidos por uma visitante e que seriam direcionados para consumo de um sentenciado, agentes encontraram maconha dentro da embalagem de cigarros. Foram adotadas as medidas de praxe, a mulher suspensa do rol de visitas e encaminhada à delegacia de polícia local.

PENITENCIÁRIA “AEVP CRISTIANO DE OLIVEIRA” DE FLÓRIDA PAULISTA

No último sábado (5), foram apreendidos objetos não permitidos com 03 (três) visitantes que tentavam entrar na penitenciária, levando em suas partes íntimas micros aparelhos celulares. Uma delas ainda trazia 04(quatro) pedaços de fio aparentando estanho, camuflados na costura da bolsa em que trazia os pertences (jumbo). Diante dos fatos, a Polícia Civil foi acionada e conduziu as visitantes até a delegacia para elaboração de boletim de ocorrência (BO) e demais providências pertinentes. As visitantes foram suspensas administrativamente do rol de visitas, conforme ordena a legislação vigente, sem prejuízo de responderem na esfera criminal, tanto as mulheres como os presos. Também foram instaurados Procedimentos Disciplinares para apurar a cumplicidade dos sentenciados que receberiam os aparelhos celulares.

PENITENCIÁRIA DE PRACINHA

Durante inspeção no aparelho de revista mecânica, Boddy Scanner, uma mulher foi flagrada tentando entrar na unidade prisional com 01 (um) invólucro, contendo erva esverdeada com características de maconha, inserido na genitália. Foram adotados os procedimentos de ordem policial e administrativa, sendo ela suspensa do rol de visitas e levada à delegacia.

CENTRO DE RESSOCIALIZAÇÃO DE ARAÇATUBA

Neste domingo (6), durante a revista de alimentos e pertences através do aparelho de Raio-X, ao passar as sacolas trazidas pela senhora D.M.A.S, mãe de um reeducando, agentes encontraram um aparelho celular com bateria e chip de memória. Questionada sobre o ocorrido, a visitante relatou ser de uso pessoal. Foram abertos os devidos procedimentos para apuração dos fatos.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também