• sábado, 20 de outubro de 2018
  • 07:59 Icone do tempo--ºC / --ºC

Polícia

14/5/2018 às 18h10

Policias Civil e Militar de Junqueirópolis prendem traficantes e recuperam motocicleta

Moto recuperada pelas policias Civil e Militar  (Foto: Cedida/Polícia Civil) Moto recuperada pelas policias Civil e Militar (Foto: Cedida/Polícia Civil)

Na tarde desta segunda-feira, 14 policiais civis de Junqueirópolis, com o apoio de policiais militares efetuaram a prisão de um indivíduo por tráfico de drogas e extorsão. Conforme se apurou nas investigações, ele já vinha há tempos vendendo entorpecentes para a vítima, residente em Mirandópolis. Em função da dívida pelos entorpecentes, o indiciado coagiu a vítima a lhe entregar sua motocicleta, uma Honda Bros zero quilômetro, como forma de pagamento pelos entorpecentes.

Em seguida, o indiciado alegou que caso a vítima não lhe entregasse o recibo do veículo, ele a mataria. Os policiais civis realizaram atividade de campo e conseguiram até mesmo fotografar o momento em que a vítima era extorquida. Presenciaram ainda o indiciado entregar drogas à vítima como forma de “quitar” o valor relativo a motocicleta que está avaliada em 11 mil reais. Com o apoio dos policiais militares,os investigadores deslocaram-se até a casa do indiciado que tentou se evadir invadindo a casa de seu vizinho, mas acabou preso. A motocicleta da vítima e o recibo do veículo foram apreendidos na casa do indiciado e devolvidos para a vítima. 

Foram ainda apreendidos 03 “torrões” de crack equivalentes a vinte papelotes da droga. O acusado alegou que havia comprado a motocicleta por R$ 700,00 e que entregou a droga à vítima porque esta foi a forma de pagamento que ela exigiu . O homem foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e extorsão. Ele será submetido a audiência de custódia no Fórum da Comarca de Junqueirópolis.

 

Outras Imagens:

  •  (Foto: Cedida/Polícia Civil)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também