• terça-feira, 14 de agosto de 2018
  • 15:07 Icone do tempo--ºC / --ºC

Tecnologia

15/5/2018 às 09h49

4 dicas de como detectar Fake News

Fake News crescem com a vinda das Redes Sociais (Foto: Divulgação) Fake News crescem com a vinda das Redes Sociais (Foto: Divulgação)
Fernando Azevedo, sócio da Silicon Minds, participou do Midia Panel “The Press in the USA - Perspectives for a changing market” feita pela ABI (Brazilian International Press Awards), nesta sexta-feira dia 11 de maio, que contou a participação da professora Chris Delboni e a especialista em Marketing Digital Lindsay Koolis.
 
O tema do sua apresentação é um apanhado de seus artigos que escreveu recentemente, e também é autor do livro “O negócio sujo das Fake News” que deverá sem disponibilizado em português em junho de 2018.
 
Fernando conta que Fake News, geralmente é associado com notícias negativas, e que a internet precisa evoluir para um ambiente de bondade de inclusão. “Não podemos confundir direito de expressão com discurso de ódio e difamação.” - diz Fernando.
 
Ainda avisa que compartilhamentos, comentários e até polegar para baixo como sinal de “descurtida” pode ajudar a viralidade da notícia. Avisa que o certo é reportar a notícia como imprópria para a rede social onde foi divulgada. E avisa: “se a vontade de comentar for grande, avise que é fake news, mas não deixe de reportar também”.
 
Ao mesmo tempo que a mídia ja divulgou problemas na internet como cyberbullying e fake news, Fernando chama a atenção que não podemos deixar divulgar outros problemas como pornografia infantil, tráfico de drogas e armas, violação de direitos autorais, ataques cibernéticos, ransomware, entre outros. E chama atenção que todos estes problemas tem um nominador comum que é o anonimato dos hackers na internet.
 
A empresa Silicon Minds, que trabalha para celebridades e empresários com combate de fake news, diz que a demanda pelo serviço tem crescido: “A Silicon Minds trabalha com defesa de Fake News identificando, reportando e tomando ações legais em nome de nosso clientes.”
 
Fake News ainda existe, ainda é um negócio sujo e lucrativo e que tem evoluído - Fernando avisa: “Este ano vamos ver textos melhores, com sites de melhor qualidade, endereços imitando grandes jornais, e fontes que parecem ser confiáveis. É preciso ficar atento. O mesmo vale tanto para notícias para todos os políticos, não adianta reportar fake news do político de sua preferência e compartilhar fake news do político da oposição.”
 
O especialista deu 4 dicas de como detectar Fake News:
 
  1. Sempre verifique que o site de notícia tem o cadeado verde
  2. Confie em fontes de grandes jornais e revistas de reputação ilibada
  3. Confie se outros grandes veículos de mídia estão divulgando a mesma matéria
  4. Verifique as fontes de onde a informação foi obtida.
 

Sobre: 

Silicon-Minds é uma empresa de marketing digital com foco na melhoria de marketing pessoal de celebridades e empresários. A empresa ainda oferece serviços de SEO, sales funnels, e-commerce e apps e tem sede em Miami e Vale do Silício.

A inovação que apresenta ao mercado brasileiro, Marketing pessoal, consiste em manter uma reputação online positiva de maneira constante, uma vez que a necessidade em ter uma boa reputação pode aparecer em qualquer momento. Veja exemplos:

Solicitação de faculdade no exterior

Abrir uma empresa

Preservar e proteger o status social e familiar

Participação em concursos públicos ou privados 

Concorrendo em cargos eletivos ou políticos

Networking

Novos Negócios

Obter um empréstimo 

Captação de recursos

Compra de imóvel

Atrair novos clientes

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também