• sábado, 26 de maio de 2018
  • 11:04 Icone do tempo--ºC / --ºC

Educação

16/5/2018 às 05h00

Alunos de Psicologia e Serviço Social promovem conscientização na feira-livre em Dracena

Grupo de alunos que percorreram a feira livre na semana que passou fazendo a ação social  (Foto: Carlos Volpi/JR) Grupo de alunos que percorreram a feira livre na semana que passou fazendo a ação social (Foto: Carlos Volpi/JR)

“Diga não a violência contra a mulher, disque 180”, era assim que cerca de 50 alunos dos cursos de Psicologia e Serviço Social, da Unifadra Fundec gritavam na última quarta-feira, 9, na feira-livre de Dracena, durante atividade pedagógica de conscientização sobre os tipos de violência contra a mulher.   

Durante a ação, os estudantes foram acompanhados e orientados pelas professoras Fátima Simone Silva Pereira Consoni e Maria Bernadete dos Santos Torres.

Com cartazes e panfletos informativos sobre os direitos e recursos para o apoio e assistência da mulher, que é vítima dos tipos de violência doméstica, os acadêmicos abordaram o público e orientaram sobre o assunto.

O objetivo da ação para os acadêmicos e docentes junto à comunidade foi trazer a reflexão do contexto em que a mulher é inserida na sociedade, trazendo um novo olhar para a questão da violência doméstica.

 

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

 A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Dracena registrou de janeiro até abril, 76 boletins de ocorrências de violência doméstica contra 65 no mesmo período do ano passado. Em 2018, não houve nenhum caso de feminicídio, já no ano anterior, houve apenas um caso tentado.

As medidas protetivas mais comuns solicitadas na DDM são: proibição do acusado de se aproximar da vítima e dos familiares; proibição de entrar em contato com a vítima por qualquer meio de comunicação e da proibição de se aproximar do local de trabalho.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também