• domingo, 21 de outubro de 2018
  • 13:35 Icone do tempo--ºC / --ºC

Beleza

27/5/2018 às 09h25

8 mitos e verdades sobre cabelos oleosos

 (Foto: Ilustrativa) (Foto: Ilustrativa)

Fios de cabelos grudados, oleosidade na pele, sensação de cabelos pesados, essas são só algumas das queixas de quem possui cabelo oleoso. Se você é daqueles que acorda de manhã, lava os cabelos e na hora do almoço já estão oleosos, com a sensação de sujos, então fique atento às dicas da Thais Antunes, barbeira e empreendedora que desvenda os mistérios desse incômodo que preocupa homens e mulheres.

Homens não tendem a ter cabelos oleosos

MITO - Segundo Thaisa maioria dos homens chegam ao salão reclamando que seus cabelos são oleosos. O cabelo curto favorece a distribuição mais rápida do sebo, o que gera a sensação de oleosidade, mas com algumas medidas é possível por fim a esse problema, como banhos mornos e xampus específicos. Homens que tem química no cabelo também tem tendência a ter os cabelos oleosos. O que deixa os cabelos oleosos é a progressiva.

Lavar o cabelo com água gelada diminui a oleosidade e hidrata

VERDADE. A água gelada ajuda a fechar a cutícula do cabelo, dando um efeito de mais brilho aos cabelos. De acordo com Thais Antunes, a dica é lavar o cabelo com uma água de morna para fria, e deixar o último jato mais gelado, isso vai ajudar no controle da oleosidade.

Existe xampu adequado para cada tipo de cabelo

VERDADE. Cada tipo de cabelo requer um cuidado específico. "No caso dos cabelos oleosos, o mais indicado são xampus transparentes, mas em conjunto com eles também é importante intercalar produtos leitosos, para evitar o ressecamento", revela a barbeira.

Usar condicionador acima das orelhas aumenta a oleosidade

VERDADE. Uma pequena quantidade de condicionador já é o suficiente somente para o fechamento das cutículas, principalmente para os homens que possuem o cabelo mais curto. O condicionador é utilizado para repor parte do óleo natural do cabelo que é retirado pelo xampu. O couro cabeludo já produz uma oleosidade natural, por isso para quem tem cabelos compridos é preciso utilizar o condicionador apenas na extensão dos fios.

Álcool e vinagre ajudam a reduzir a oleosidade dos fios

MITO. Thais alerta que produtos de cozinha e alimentos são para ingestão. Cabelo é outra coisa. Existem produtos próprios para o cabelo, dos quais você consegue tirar a oleosidade, começando pelo xampu correto e a temperatura da água, além de outros cuidados.

Cabelos oleosos tem caspa

VERDADE. A alta testosterona afeta diretamente a glândula produtora de sebo, o que causa aumento da oleosidade, afetando a saúde dos cabelos, levando até dermatite seborréica, ou seja, a descamação do couro cabeludo. Thais, também acrescenta que o frio pode agravar a situação.

Relação hormonal

VERDADE. Nesses casos é necessário consultar um especialista, de preferência um dermatologista que pode fazer um tratamento para oleosidade e indicar outros profissionais caso seja necessário.

Química no cabelo deixa oleoso

VERDADE. A química pode prejudicar o couro cabeludo. É fundamental saber se há algum sinal associado, como a descamação do couro cabeludo, resultado de progressiva, ou algum tratamento químico.

Thaís Antunes.

Thaís Antunes, barbeira e empreendedora, iniciou sua carreira na barbearia em 2013, e ao longo destes anos, se aprimorou na área masculina. Montou sua própria barbearia e vem conquistando uma clientela fidelizada. Já realizou atendimento para artistas como os cantores Belo, Latino, Bau da Banda Art Trio, o ator e compositor Thiago Thomé, entre outros. Recentemente, Thaís recebeu os prêmios de Revelação Barbearia e Beauty Business. A especialista também ministra cursos, por meio daThaís Antunes Academy, com intuito de levar conhecimento para aqueles que desejam ingressar na profissão e para aperfeiçoamento de quem já atua na área. A especialista pode tratar sobre assuntos que envolvam barba, cabelos, comportamento, qualidade de vida e saúde masculina.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também