• segunda-feira, 20 de agosto de 2018
  • 15:27 Icone do tempo--ºC / --ºC

Estradas

27/5/2018 às 11h07

Governo de SP determina suspensão de cobrança de eixo suspenso em caminhões

Em tentativa de acordo, governo também anunciou que irá retirar multas lavradas por bloqueios em SP.

O governador de São Paulo, Márcio França (PSB), determinou neste sábado (26) a suspensão da cobrança de tarifa de pedágio para eixo elevado dos caminhões nas rodovias paulistas. A declaração foi feita em entrevista coletiva à imprensa neste sábado (26) no Palácio dos Bandeirantes.

A suspensão começa na próxima terça-feira. Segundo o governador, a previsão é de R$50 milhões a menos arrecadados por mês.

Como contrapartida, os representantes de caminhoneiros que estavam no local se comprometeram a desbloquear a Rodovia Régis Bittencourt até as 19h deste sábado, e todas as rodovias até terça-feira.

Além de deixar de cobrar a tarifa por eixo suspenso nos pedágio, o governo de São Paulo, segundo França, irá fiscalizar, com o Procom e a polícia, se a redução de 10% do governo no preço do diesel chegou às bombas nos postos.

O governo também irá retirar as multas que foram lavradas com as interdições nesta semana.

A reunião contou com a presença de secretários de Governo, Segurança Pública, Transportes Metropolitanos e Justiça. Também foram convidadas entidades representativas dos transportadores, OAB e demais setores ligados ao assunto.

O acordo garantiu a participação de representante dos caminhoneiros autônomos na Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp).

O acordo prevê a formação de um grupo de trabalho para estudar um IPVA diferenciado para a categoria, mas isso só valeria para o imposto do ano que vem.

 

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também