• segunda-feira, 20 de agosto de 2018
  • 15:26 Icone do tempo--ºC / --ºC

cidade

7/6/2018 às 05h03

Aterro Sanitário de Dracena recebe nota de 3,2 em avaliação da Cetesb; Prefeitura informa que local recebeu a construção de nova vala

O resultado foi divulgado na terça-feira, 5, através do Inventário Estadual de Resíduos Sólidos Urbanos 2017; Municipalidade ressaltou que a obra foi concluída no início deste ano, possibilitando a ampliação

O prefeito Juliano Brito Bertolini acompanhado do secretário da Agricultura e Meio Ambiente Onivaldo Cavalari  realizou a vistoria no aterro sanitário, após a construção da nova vala (Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Dracena) O prefeito Juliano Brito Bertolini acompanhado do secretário da Agricultura e Meio Ambiente Onivaldo Cavalari realizou a vistoria no aterro sanitário, após a construção da nova vala (Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Dracena)

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) divulgou na terça-feira, 5, as notas das avaliações dos aterros sanitários de 53 municípios da 10ª Região Administrativa (Presidente Prudente), conforme o Inventário Estadual de Resíduos Sólidos Urbanos 2017.

Dentre as oito cidades que dispõem seus resíduos sólidos urbanos de forma inadequada, Dracena recebeu a nota de 3,2, sendo o segundo município com a pior nota. Anteriormente, a nota do município era de 7,2.

Segundo o gerente da Agência Ambiental de Dracena, Jordão Domingues Massei Pagani, a nota que o aterro sanitário de Dracena recebeu pela Cetesb é referente a última inspeção realizada pelos técnicos no dia 19 de dezembro de 2017.

Ainda segundo ele, os profissionais avaliam itens estruturais e operacionais do local conforme a elaboração de uma planilha do Índice de Qualidade de Aterro de Resíduos (IQR).

Conforme Jordão, anualmente são realizadas três fiscalizações no aterro de Dracena e demais cidades da região, além de outras visitas nos locais mediantes as reclamações ou denúncias.

O objetivo das inspeções nos aterros sanitários é avaliar a situação no local bem como a qualidade do Meio Ambiente.

Jordão explica que a maioria das Prefeituras alega as dificuldades para regularizar as situações dos aterros, devido à falta de maquinários para o recolhimento e compactação dos materiais sólidos e do espaço para armazenar.

Ele ressaltou que caso os aterros sanitários não passem por melhorias e adequações, a Cetesb aplicará advertências, multas e podendo chegar a interditar, dependendo da situação.

MUNICIPALIDADE - Em nota enviada ao Jornal Regional, a Prefeitura de Dracena informou que “providenciou a construção de uma nova vala objetivando a ampliação do aterro sanitário, situação já finalizada no início de 2018”. A Municipalidade ressaltou ainda que o prefeito Juliano Brito Bertolini juntamente com o secretário da Agricultura e Meio Ambiente, Onivaldo Cavalari, realizou uma vistoria no aterro sanitário em abril, após a construção da nova ala.

A produção média diária que é descartado no local é de 50 toneladas, acrescentou a Poder Executivo.

 

Outras Imagens:

  •  (Foto: Lucas Mello/JR)
  •  (Foto: Lucas Mello/JR)
  •  (Foto: Lucas Mello/JR)
  •  (Foto: Lucas Mello/JR)
  •  (Foto: Lucas Mello/JR)
  •  (Foto: Lucas Mello/JR)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também