• terça-feira, 16 de outubro de 2018
  • 01:30 Icone do tempo--ºC / --ºC

Esporte / Atletismo

8/6/2018 às 18h07

Dracenense Mateus Sá conquista medalha de prata no salto triplo em Cochabamba na Bolívia

Atleta representou a Seleção Brasileira de Atletismo nos Jogos Sul-Americanos e subiu ao pódio com a marca de 16,76 m; ele ficou atrás do sumiranista Miguel Van Assen, com marca de 16,81 m

O atleta dracenense Mateus Daniel Sá conquistou a medalha de prata no salto triplo na Bolívia (Foto: Divulgação/Nélio Noura) O atleta dracenense Mateus Daniel Sá conquistou a medalha de prata no salto triplo na Bolívia (Foto: Divulgação/Nélio Noura)

O dracenense e atleta Mateus Daniel Sá, 22 anos, tem motivos de sobra para comemorar o feito ao conquistar na quinta-feira, 7, a medalha de prata no salto triplo e ter subido ao pódio pelos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba, na Bolívia.

Ele representou a Seleção Brasileira de Atletismo e sagrou-se vice-campeão ao conquistar a marcar com o salto de 16,76 m. Mateus ficou apenas cinco centímetros de diferença para o primeiro colocado, o sumiranista Miguel Van Assen que teve a marca de 16,81 m.

Ainda completou o pódio no salto triplo, o venezuelano Leodan Manuel Torrealba com a marca de 16,18 m.

Em sua página no Facebook, Mateus Sá disse que foi uma prova difícil e acirrada do começo ao fim, porém saiu feliz por ter conquistado a evolução no salto e pretende melhorar a marca para as demais competições no ano.

O atleta agradeceu a todos que acompanham nas competições. Mateus Sá é um dos garotos revelados na escolinha de base do atletismo dracenense por meio do treinador Eliseu. Ele começou no esporte aos 13 anos e dois anos seguintes transferiu-se para o Estado do Paraná.  

Atualmente ele mora em São Paulo e treina e compete pelo clube Pinheiros e desde 2012 é convocado pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBA) para representar o País em competições internacionais.

Em agosto do ano passado, Mateus Sá competiu pelo Mundial de Atletismo em Londres e ficou apenas na 27ª colocação com a marca obtida de 16,10 m. Também em 2017, final de junho, ele conquistou a medalha de prata nos Jogos Sul-Americanos Adulto em Assunção no Paraguai, com a marca de 16,08 m. Já no Mundial Universitário de Taipei, final de agosto, ele ficou apenas na 8ª colocação.

No próximo dia 16, ele estará com as malas prontas em viagem marcada para Madri, na Espanha, onde passará 20 dias treinando pelo clube Pinheiros.

 

JOGOS SUL-AMERICANOS

A competição teve início no dia 5 e terminou ontem, 8, com as provas de atletismo realizadas no Estádio GAMC, no Parque La Torre, em Cochabamba, na Bolívia. O Brasil havia conquistado somente na quinta-feira, 7, 11 medalhas, sendo quatro de ouro, quatro de prata e três de bronze. Ao total até o penúltimo dia de competições, os atletas brasileiros haviam ganhado 14 medalhas, sendo três ouros, cinco pratas e seis bronzes. 

 

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também