• sábado, 23 de junho de 2018
  • 01:14 Icone do tempo--ºC / --ºC

Educação

12/6/2018 às 11h22

Secretaria da Educação incorporará abono ao salário de 718 servidores do Quadro de Apoio Escolar na região de Presidente Prudente

Beneficiará inspetores, merendeiras e profissionais que atuam na limpeza, manutenção e conservação das escolas (Foto: Divulgação) Beneficiará inspetores, merendeiras e profissionais que atuam na limpeza, manutenção e conservação das escolas (Foto: Divulgação)

Servidores do Quadro de Apoio Escolar (QAE) da rede estadual de ensino terão o abono que vêm recebendo incorporado aos seus salários. O anúncio, feito no final de semana pelo governador Márcio França, beneficiará agentes de organização escolar (inspetores) e agentes de serviços escolares (merendeiras e profissionais que atuam na limpeza, manutenção e conservação das escolas). Somente na região de Presidente Prudente, serão beneficiados 718 servidores.

Atualmente, esses servidores recebem um salário de R$ 1.005,79, abaixo do salário mínimo vigente no estado de São Paulo, que é de R$ 1.142,64. Para equiparar ao valor do mínimo, esses servidores recebem ainda um abono de R$ 136,85. Com a incorporação, os profissionais passarão a contar com uma melhor remuneração, o que terá impacto na valorização da sua futura aposentadoria.

A medida faz parte da Avaliação Especial de Desempenho para o Quadro de Apoio Escolar, recém-regulamentada, que também prevê que os servidores bem avaliados a cada ano sejam promovidos dentro de uma mesma faixa da respectiva classe. A avaliação será anual, no início do segundo semestre de cada ano letivo, e feita tanto pela equipe gestora de cada unidade de ensino como pelo próprio servidor.

Entre os critérios que vão nortear a avaliação destacam-se a capacidade de engajar-se com os objetivos da unidade escolar, a responsabilidade e o uso racional do material disponível, a facilidade de expressar ideias e fatos de forma clara e objetiva, a disposição para o trabalho em equipe, a capacidade de propor inovações no ambiente de trabalho, a iniciativa diante de desafios cotidianos, e, claro, a competência e a eficácia na realização de suas tarefas.

Para garantir a transparência do processo, o servidor deverá tomar ciência da avaliação de seu desempenho feita pela equipe gestora da unidade escolar. Se considerar o resultado injusto, o trabalhador poderá pedir uma reavaliação no prazo de 30 dias.

Número de servidores beneficiados pelo abono por Diretoria de Ensino na região de Presidente Prudente

DE Adamantina - 212

DE Mirante do Paranapanema - 133

DE Presidente Prudente - 250

DE Santo Anastácio - 123

 

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também